Eleições 2016 – Feira de Santana: Cíntia Machado defende formação de chapa única com vereadores da base governistas

Vereador Cíntia Daltro Machado defende formação de chapa única com vereadores da base governistas.

Vereador Cíntia Daltro Machado defende formação de chapa única com vereadores da base governistas.

A vereadora Cíntia Machado (PSC), durante pronunciamento na tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana, nesta quarta-feira (16/03/2016), voltou a defender o “chapão”. “O chapão vai haver sim, porque aqui existem 18 vereadores que se reuniram e se comprometeram com a palavra de estarem todos juntos unidos e firmes, para que possamos fazer uma chapa mais forte”, disse Cíntia, acreditando que esta será a melhor opção para reeleger mais vereadores.

Ela afirmou que no “chapão” os edis disputarão a eleição por igual, uma vez que, segundo Cíntia, todos governistas – de primeiro mandato ou mais – têm a mesma estrutura de mandato político e acesso ao prefeito José Ronaldo. Ressaltou também que quantidade de votos obtidos na última eleição não é empecilho para participar do grupo, “porque  voto é conquistado com trabalho”.

A edil continuou falando sobre o “chapão”: “só não podemos nos comprometer com algo e voltar atrás. Para mim a melhor característica de uma pessoa é a palavra; palavra não tem preço, acordo é para ser cumprido”, disse Cíntia, reiterando que a palavra tem que permanecer, independentemente do preço que vai custar.

Em aparte, o vereador Isaías de Diogo (sem partido) questionou a vereadora  por que ela não disputou a eleição passada no “chapão”. E acrescentou: “não sei por que a preocupação de Vossa Excelência em querer que os menores, inclusive eu, entre em um chapão desse. Se a senhora ficar investindo nessa questão, eu vou começar a passar para os colegas aqui o que é que está lá esperando por eles e por nós”, alertou.

Em seguida, o vereador Correia Zezito (PTB) pediu mais clareza no pronunciamento de Isaías em relação aos prejuízos que o “chapão” pode causar aos vereadores de primeiro mandato. “Tem o que por trás? Diga aí pra mim, eu quero saber, fale no microfone”, cobrou.

O edil Roque Pereira (DEM) também cobrou a mesma explicação por parte do parlamentar Isaías de Diogo. Já o vereador Edvaldo Lima pediu que o pronunciamento do colega Isaías fosse constado em ata. Ele também solicitou que a Corregedoria da Casa tomasse as devidas providências, “porque o que o vereador Isaías colocou aqui é gravíssimo”.

Já o vereador José Carneiro diz observar que a Câmara está cheia de “coitadinhos”. Em sua opinião, “o mal do sabido é pensar que todo mundo é besta”, declarou o líder governista, afirmando que nenhum partido pequeno aceitará vereador para disputar eleição com quem não tem mandato.

Novamente com o uso da palavra, a vereadora Cíntia disse que em  nenhum momento  citou nomes de vereadores que não desejam participar do “chapão”. Afirmou também que na eleição passada, não houve “chapão”, e sim “chapinha”, uma vez que não teve um grupo composto por todos os edis governistas.

Em aparte, o vereador David Neto (DEM) defendeu também o “chapão” e criticou o colega Isaías de Diogo. “Isaías tenta lesar as cabeças daquelas pessoas dos partidos pequenos, daquelas pessoas que não têm a condição de Vossa Excelência. Vossa Excelência, com demagogia, chega aí e começa a convocar as pessoas para criar um negócio de chapinha. Vossa Excelência, Zé Ronaldo está lhe dando tudo, Vossa Excelência tem mais de 200 empregos”, disse.

O democrata acredita que Isaías está inseguro para disputar a eleição no “chapão”, porque deve ter ficado “em casa dormindo nesses quatro anos. Então, vereador, se Vossa Excelência trabalhou, não tenha medo. Se Vossa Excelência fica querendo lesar as cabeças das pessoas, vá trabalhar, vá pra rua, bote a Associação José Sarney para fazer um trabalho social, para que Vossa Excelência possa crescer”, aconselhou.

Na sequência, Isaías de Diogo pediu que constasse em ata a declaração de David Neto de que ele tinha mais de 200 cargos no Município. “Que ele prove que eu tenho mais de 200 empregos, porque se ele não conseguir provar,  que a corregedora aqui possa estar averiguando esta denúncia gravíssima que o vereador falou a meu respeito”.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br