Deptuado Marcelino Galo defende criação de Unidades de Conservação na Serra da Jiboia

Marcelino Galo.

Marcelino Galo.

Lastrado em estudos desenvolvidos pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFBA), Grupo Ambientalista da Bahia (Gambá) e professores da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), o coordenador da Frente Parlamentar Ambientalista, deputado estadual Marcelino Galo (PT), protocolou uma Indicação ao Governo do Estado da Bahia em que propõe a criação de um Mosaico de Unidades de Conservação da Serra da Jiboia, situado entre os municípios de Santa Teresinha, Castro Alves, Varzedo, São Miguel das Matas e Elísio Medrado, no Recôncavo Sul da Bahia.

“Recebemos o resultado dos estudos realizados e defendemos que uma parte da Serra da Jiboia, onde há floresta, seja transformada em Unidade de Conservação de Proteção Integral e, na área do entorno, que se crie uma área de proteção com menos restrições. Por isso trata-se de um Mosaico de Unidades de Conservação, e não somente uma unidade. A ideia é conciliar a preservação do meio ambiente ao desenvolvimento das atividades econômicas na região”, defendeu Galo.

O parlamentar, que é vice-presidente da Comissão de Meio Ambiente, Seca e Recursos Hídricos, protocolou também um requerimento para que o assunto seja debatido nesta mesma comissão. “Qualquer proposta nesse sentido tem que ser amplamente debatida, ouvindo a comunidade local e a comunidade científica”, concluiu Galo.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br