Deptuado Alan Sanches diz que governo Rui Costa se aproxima de 18 meses de gestão e não resolve colapso na saúde

“Se aproximando de um ano e seis meses de governo, o governador Rui Costa não consegue resolver mínimos problemas que transforma o setor de saúde num caos”. Dessa maneira o deputado estadual Alan Sanches (DEM), volta a chamar a atenção para os diversos problemas na saúde pública e conclama que o Governo do Estado, se debruce sobre os impasses, lembrando que a saúde é um direito fundamental e inalienável, inerente à dignidade humana, de obrigatória provisão do Estado. O deputado destaca ainda que a crise não atinge apenas a capital baiana, mas toda a Bahia e medidas urgentes precisam ser tomadas.

Alan Sanches reforça que inúmeras unidades, inclusive, as tidas como de maiores importância sofrem com o descaso do poder público. “Tivemos o ano passado o fechamento de 10 leitos de UTI Geral Adulta do Hospital Roberto Santos; falta de plantonista pediátrico no Hospital Geral do Estado (HGE); fechamento da emergência de obstetrícia do Hospital Santo Amaro; paralisação dos médicos no Hospital Regional de Santo Antonio de Jesus (HRSAJ) por falta de pagamento; falta de marcação de cirurgia eletiva”, pontuou, reforçando no rol está ainda a não resolução para o fechamento do Hospital Espanhol e o fechamento da maternidade do Hospital da Sagrada. Porém, avalia o secretário Fábio Vilas-Boas como bem intencionado, “mas por falta de apoio do executivo estadual, infelizmente,  não consegue atuar devidamente”.

Por fim, Alan Sanches frisa ainda que ainda existe um colapso na realização de cirurgias eletivas. “Hoje o cidadão não consegue realizar cirurgias que não sejam de emergência e no caso das programadas mofam à espera de vaga”.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br