Criação do Pólo de Confecções da Bahia reforça setor em Feira de Santana

Edison Virgínio Nogueira é presidente do Sindivest.

Edison Virgínio Nogueira é presidente do Sindivest.

Com o intuito de promover o fortalecimento do segmento de couro e confecções através da potencialização das vendas diretas, o Sindicato das Indústrias do Vestuário de Feira de Santana e Região (Sindvest) lançou nesta segunda-feira (29/02/2016), o Pólo de Confecções da Bahia (Policon).

Instalado em prédio garagem, na Avenida Senhor dos Passos, centro da cidade, o projeto contará com 72 lojas para venda em pronta entrega de confecções e acessórios de fábricas de Feira de Santana, Salvador e Ipirá.

Durante o lançamento, que reuniu empreendedores do segmento, foi assinado um termo de cooperação entre o Sindvest e representantes das entidades parceiras, como o Senai, a Prefeitura de Feira de Santana e o Sebrae. Um plano de mídia e o conceito da marca também foram apresentados no evento, que ainda definiu os prazos para adesão dos empresários e inauguração do espaço, prevista para o dia 5 de maio.

Segundo Edison Nogueira, presidente Sindvest, o centro será um marco para o setor de confecções do município e região. “Irá mudar a nossa história. Nos tornando mais conhecidos, nós vamos vender mais, escoar nossos produtos e movimentar o mercado, gerando emprego e renda”.

Antonio Carlos Borges Junior, secretário de Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico de Feira de Santana, lembra que o espaço sempre foi um desejo dos empreendedores do ramo têxtil na cidade e que agora todos devem trabalhar para a sua concretização e crescimento. “A participação, a visão, a união e o compromisso de vocês vão definir o sucesso desse projeto”, pontua.

Apoiador do projeto, o Sebrae irá auxiliar os empresários na gestão estratégica do centro. Através da instituição, os empreendedores terão acesso a qualificação de mão-de-obra, capacitações em parceria com o Senai e participações em feiras.

Também terão à disposição consultorias de acesso ao mercado, gestão financeira, tecnologia (layout de lojas, design, registro de marca, etc.) e gestão de pessoas, além de outros temas que podem ser demandados pelo grupo.

Durante o evento, Isailton Reis, gerente do Sebrae em Feira de Santana, parabenizou os empresários e sindicato pela integração e iniciativa, destacando a importância da formação de redes por empresas que têm um interesse em comum.

“O Policon vem viabilizar uma demanda dos empresários referente ao acesso ao mercado e melhoria de vendas. Nós vamos contribuir através do Projeto da Moda. Vamos colocar à disposição as ações e recursos do projeto para apoiá-los.”, afirma.

Também participaram do Policon Eunice Habib, presidente do Sindvest/Salvador; o secretário municipal de Relações Institucionais, Sérgio Carneiro; o gerente do Senai, Edmundo Franco Neto, e o gestor do Projeto de Moda do Sebrae, Luiz Eduardo Xavier.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br