Cinco dicas para seu dinheiro sobreviver à crise | Por Lélio Braga Calhau

Lélio Braga Calhau dá cinco dicas para seu dinheiro sobreviver à crise.

Lélio Braga Calhau dá cinco dicas para seu dinheiro sobreviver à crise.

A situação econômica brasileira esta beirado o caos. Isso traz preocupação para todos investidores. Entretanto, o país, ao contrário do que se propaga, não está parado. Imóveis, por exemplo, estão sendo comprados e vendidos, porém a preços mais baixos.

A bolsa de valores funciona normalmente, embora a cotação de várias empresas esteja abaixo do seu valor patrimonial (o que não significa muito). O dólar dá sinais de que, se o país se estabilizar, pode cair muito. Ou seja, o ambiente não é simples, nem fácil, e é por isso que algumas dicas podem ajudar:

Não deixe dinheiro na poupança – A inflação está alta e a caderneta de poupança tem perdido feio para ela. Dinheiro aplicado na poupança, a longo prazo te deixa mais pobre, pois a inflação vai comendo ele com muita força. Procure investimentos onde, pelo menos, seu capital esteja protegido da inflação (ex: Tesouro Direto, CDB, LCA/LCI, etc.). Difícil dizer qual é o melhor, mas na poupança é que não é.

Quem tem dinheiro vivo, manda – Jogue pesado nas negociações e peça descontos quando for pagar algo. A falta de liquidez no mercado virou o jogo para quem tem dinheiro. Peça descontos nas compras, pechinche e valorize  estar no lado forte da negociação.

Cuidado com pirâmides financeiras – Na época da crise, algumas pessoas buscam se aproveitar do desespero e falta de educação financeira da população, para criarem verdadeiras pirâmides financeiras com outros nomes. Se for chamado para uma reunião de algum “negócio bom” desconfie, peça informações mais concretas e pergunte qual o investimento inicial que deveria fazer e fique atento. Alguns produtos oferecidos podem ficar encalhados com você para sempre.

Marketing digital é a bola da vez (mas nem tanto) – Algumas pessoas tem se destacado por estarem prosperando no marketing digital. Seminários, palestras e cursos “fantásticos” são oferecidos para quem deseja trilhar o caminho das pedras. Em alguns, há certo clima de histeria, porque as pessoas se apresentam como “salvadores da pátria”. Não embarque nessa sem estudar muito o assunto com calma, sem paixões. Separe o joio do trigo, fique de olho em pessoas sem experiência nenhuma oferecendo técnicas para você ficar rico, a preços salgados. Fique de olho em bônus que de fato não agregam nada, séries de quatro vídeos com o objetivo declarado de informar, mas disfarçado aumentar a conversão de vendas de produtos digitais. Procure saber a verdadeira história de quem te vende. Há coisas boas no mercado, mas há muitos produtos digitais duvidosos, que buscam enriquecer apenas quem está vendendo.

Bolsa de Valores – É um lugar excelente para ganhar dinheiro, mas não é ambiente para amadores ficarem aplicando dinheiro sem saberem exatamente o que estão fazendo. Estude bem o assunto por sua conta. Leia livros sobre a vida de investidores (ex.: Warren Buffet, Ken Fischer, etc.) que atuam no mercado há décadas. Leia materiais de sites sérios sobre o assunto (ex.: Bastter.com). Comece a aplicar pequeno, caso deseje aprender mais. Desconfie de corretoras, que buscam fazer você girar o patrimônio com “oportunidades únicas” e que, no fundo, ganham muito dinheiro fazendo pagar despesas com essas operações.

*Lélio Braga Calhau é Promotor de Justiça de defesa do consumidor do Ministério Público de Minas Gerais. Graduado em Psicologia pela UNIVALE, é Mestre em Direito do Estado e Cidadania pela UFG-RJ, palestrante e Coordenador do site e do Podcast “Educação Financeira para Todos”.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br