ALBA: Comissão da Igualdade debate papel das religiões africanas na defesa do Estado Democrático de Direito

Cartaz da 'Audiência Pública'.

Cartaz da ‘Audiência Pública’.

A Comissão Especial de Promoção da Igualdade (Cepi) da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) convoca os membros de religiões de matrizes africanas para a audiência pública “As Religiões de Matrizes Africanas na Defesa do Estado Democrático de Direito”, a ser realizada na próxima terça-feira (29/03/2016), na Sala das Comissões José Amando – ALBA, a partir das 09h30.

Para Bira Corôa, presidente do colegiado, a audiência é um espaço para que se discuta o papel dessas religiões neste momento em que o Brasil enfrenta graves ameaças ao estado democrático de direito. “Teremos a oportunidade de fazer o resgate histórico, destacando a importâncias dos terreiros no enfrentamento e resistência durante o período militar, iniciado em 1964, além de fazer a reflexão sobre o papel das religiões no momento atual vivido pelo país”.

Mesa de discussão contará com a presença de líderes religiosos, como a Yalorixá Raidalva; pesquisadores, a exemplo do professor Valdílio Silva (UNEB); representante da Comissão Afrodescendente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-BA) e representações de grupos da sociedade civil organizada. Atividade é aberta ao público.

Agenda

O que: Audiência Pública “As Religiões de Matrizes Africanas na Defesa do Estado Democrático de Direito”

Quando: Terça-feira (29), a partir das 09h30

Onde: Sala das Comissões José Amando – Assembleia Legislativa da Bahia (CAB)

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br