Salvador: Hemoba convoca doadores de sangue durante o Carnaval

Hematologia e Hemoterapia do Estado da Bahia (Hemoba) convoca doadores para período de carnaval.

Hematologia e Hemoterapia do Estado da Bahia (Hemoba) convoca doadores para período de carnaval.

Para garantir o abastecimento de sangue também durante o Carnaval, a Fundação de Hematologia e Hemoterapia do Estado da Bahia (Hemoba), vinculada à Secretaria da Saúde (Sesab), estará à disposição dos doadores em quase todos os dias da folia. A campanha da Hemoba neste ano tem como slogan ‘O Carnaval está em nossa veia’.

As 24 unidades hemoterápicas de coleta e processamento de sangue da rede da Hemoba, entre Hemocentros e Unidades de Coleta e Transfusão (UCT), funcionam na quinta (04/02/2016), sexta (5), segunda (8) e terça-feira (9) de Carnaval. No sábado (6), apenas a unidade central, localizada na Avenida Vasco da Gama, em Salvador, estará aberta.

No  domingo (7), a unidade central e as UCT ficam fechadas. Na Quarta-feira de Cinzas (10), a partir do meio-dia, o atendimento volta ao normal em todas as unidades espalhadas pelo estado. Para saber onde fica a unidade mais próxima, o doador pode acessar o site da Hemoba (http://www.saude.ba.gov.br/hemoba/).

Médica da diretoria de hemotrerapia da Hemoba, Daisy Gomes explica que basta seguir alguns critérios simples para ser doador. “É preciso ter mais de 50 quilos, ter entre 18 e 69 anos, não deve estar em jejum, mas deve-se evitar comidas gordurosas, como sarapatel e feijoada, porque alteram o resultado dos exames. Também não pode ter ficado gripado nos últimos sete dias anteriores à doação, além de não ter fumado ou consumido bebidas alcoólicas durante algum tempo”.

Aumento da demanda

O diretor da Hemoba, Marinho Marques da Silva Neto, reitera que há um aumento da demanda de sangue durante as festas populares. Por esta razão, a instituição reforça a mobilização na capital e no interior. “A Hemoba atende a todo o estado da Bahia. Com isso, nossa necessidade é grande. Por outro lado, neste período, diminuem as doações porque as pessoas viajam, estão de férias. Também temos um aumento no número de inaptidão clínica [quando o sangue fica inadequado para ser doado]. Então, esta mobilização é muito necessário porque, com apenas uma doação, podemos salvar até quatro vidas”, explica Marinho Marques.

Outras publicações

Ilê Aiyê homenageia arte do Recôncavo da Bahia ao escolher musa do Carnaval 2016 Homenagem aos 100 anos do Samba. Uma homenagem aos 100 anos do Samba, ao Recôncavo Baiano e à beleza da cultura e da mulher negra. Com esse clima, o...
Salvador – Carnaval 2015: Pelourinho encanta baianos e turistas com atrações diversificadas Carnaval 2015 - Circuito Batatinha, no Pelourinho, em Salvador. A Escola de Samba Unidos de Itapuã, com direito a mestre-sala e porta- bandeira, o m...
Governador Rui Costa enfatiza diversão e paz no Carnaval da Bahia Governador Rui Costa: “Eu convidei todos os chefes de poderes do Executivo, do Legislativo, do Judiciário, do Ministério Público, dos Tribunais de Co...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br