Salvador: encontro de microtrios festeja união entre música e criatividade no Pelô

Minitrios participam do carnaval de Salvador.

Minitrios participam do carnaval de Salvador.

Sete microtrios e cinco nanotrios irão dar um show de descontração e inventividade em encontro inédito no Terreiro de Jesus, a partir das 19 horas. O Carnaval do Pelourinho, mais precisamente o Terreiro de Jesus, pela primeira vez vai virar palco, nesta quinta-feira (04/02/2009) a partir das 19h, de um Encontro de Microtrios. Numa demonstração genuína da engenhosidade inspirada pela alegria, o momento promete ser marcado por boa música, humor e muita diversão.  Ao todo, serão 12 as estrelas da festa: sete microtrios e cinco nanotrios (veículos de tração humana), todos empenhados em fazer um desfile que terá a marca da espontaneidade e da inventividade. O evento integra o programa Carnaval Pipoca do Governo do Estado, realizado pela Secretaria de Cultura da Bahia (SecultBA) através do CCPI (Centro de Culturas Populares e Identitárias).

Na categoria Microtrios, estarão o Microtrio 100 anos de Samba – Bambas da Bahia; Peixinho Elétrico e Chico Gomes; TukTuk Sonoro no Carnaval Pipoca de Salvador; Garampiola; Baianafolia; Rural Elétrica; e o Microtrio de Ivan Huol – Uma Família Colorida. Este último projeto comemora 20 anos em 2016 e foi o primeiro microtrio de Salvador.

A apresentação, segundo os artistas que estão à frente das atrações, promete uma manifestação carnavalesca longe de rótulos, sendo os repertórios compostos por músicas da “época de ouro” da folia tri-eletrizada, com canções de Moraes-Armandinho-Dodô e Osmar, além dos clássicos da “pré-axé”, sem esquecer de tocar o axé, frevo, reggae, pop-rock nacional e internacional, baladas, MPB, sambas, forró e outras experimentações musicais.

Já os nanotrios prometem ser a grande novidade por lançarem uma nova categoria, marcada pelo caráter inusitado dos seus veículos, que têm tração humana, empurrados por pessoas ou movidos com uso de pedal, sem palco, mas com sonorização, iluminação cênica, decoração e alegoria carnavalesca. Irão levar seu entusiasmo para as ruas do Terreiro de Jesus cinco deles que, juntos, somam pontos a favor do quesito diversidade na cena cultural da Bahia.

São eles o Rixô Elétrico de Fred Menendez, projeto de música instrumental que vai apresentar uma mistura de ritmos, além do Arrastão Multicultural Guiné Bahia; Peu Meurray e o Coletivo Gente Boa se Atrai; Tabuleiro Sonoro e o Bicicletrio, este último movido a pedais e tendo à frente a banda Arapuka, que irá desfilar figurinos inusitados para apresentar canções do jamais esquecido Raul Seixas em ritmos carnavalescos.

As atrações que integram o Encontro de Microtrios participaram do processo de credenciamento do Carnaval 2016, que selecionou 106 projetos através de uma curadoria composta pelo produtor musical, radialista e músico André Simões, o Andrezão, o radialista Cristóvão Rodrigues, os músicos Antenor Cardoso e Ademar de Andrade, o ator Fábio de Santana e a coordenadora de eventos do Centro de Culturas Populares e Identitárias da SecultBA, Thelma Chase. Os classificados participam dos projetos Carnaval Pipoca e Carnaval do Pelourinho. Os microtrios e nanotrios selecionados também desfilam outros dias além da quinta-feira (4). A programação completa está disponível no www.cultura.ba.gov.br.

O apoio da SecultBA é para o carnaval com atrações culturais voltadas para o folião que não veste abadá. Um carnaval da maioria, afinal o folião pipoca compõe o público majoritário do Carnaval de Salvador e, portanto, merece toda a atenção.

Carnaval da cultura

O Carnaval da Cultura 2016 é o carnaval da democracia e da diversidade, que leva para as ruas, durante todos os dias e circuitos da folia, a mistura de ritmos e gêneros musicais e, principalmente, a estética e a arte de diferentes artistas, grupos e entidades culturais da Bahia. São centenas de atrações e shows gratuitos de afoxé, samba, reggae, axé, pop, MPB, fanfarras e muito mais. É diversão garantida para todos os gostos e estilos no espaço público da rua para alegria do folião. O Carnaval da Cultura – uma realização da Secretaria da Cultura do Estado da Bahia, por meio do Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI) –está organizado a partir de quatro programas: Carnaval do Pelô, Carnaval Ouro Negro– que apoia blocos afro, de samba, de índios, reggae e afoxés, Carnaval Pipoca– com a criatividade dos microtrios e nanotriose Outros Carnavais, que inclui a folia dos Mascarados em Maragogipe.

Outras publicações

Bahia – Carnaval 2015: cultura fortalece democratização da festa; confira números Cena do carnaval 2015 em Salvador, no circuito Batatinha. O folião tomou conta das ruas, avenidas e praças durante o Carnaval da Cultura 2015, um mo...
Carnaval 2016 de Salvador começa hoje com entrega das chaves da cidade ao Rei Momo Cena do carnaval 2015 de Salvador. No início da noite de hoje (03/02/2016) começa oficialmente o Carnaval de Salvador, com a entrega das chaves da c...
Bancos fecham no carnaval e reabrem só na Quarta-Feira de Cinzas A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) comunicou hoje (1º/02/2011) ao mercado financeiro que as agências bancárias estarão fechadas nos dias 7 e ...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br