Morre Harper Lee, autora de ‘O Sol é Para Todos’

Nelle Harper Lee (Monroeville, Alabama, 28 de abril de 1926 - Monroeville, 19 de fevereiro de 2016) foi uma escritora norte-americana, ganhadora, em 1961, do Prêmio Pulitzer de Ficção pela obra de ficção To Kill a Mockingbird (O Sol é Para Todos).

Nelle Harper Lee (Monroeville, Alabama, 28 de abril de 1926 – Monroeville, 19 de fevereiro de 2016) foi uma escritora norte-americana, ganhadora, em 1961, do Prêmio Pulitzer de Ficção pela obra de ficção To Kill a Mockingbird (O Sol é Para Todos).

Morreu na sexta-feira (19/02/2016), aos 89 anos, a escritora norte-americana Harper Lee, no estado do Alabama. A causa da morte não foi divulgada. A escritora venceu o Prêmio Pulitzer em 1961 pela obra O Sol é Para Todos, que retratou o sul do país marcado pela luta racial. O livro mostra a injustiça social em meio à crise econômica enfrentada pela região.

Harper Lee viveu quase toda sua vida de maneira discreta e isolada. Após ganhar o Pulitzer, não lançou novos trabalhos até 2015, quando foi publicado seu segundo livro: Vá, Coloque um Vigia. A obra foi recuperada de manuscritos que estavam guardados, encontrados em 2014. A escritora vivia sozinha em uma casa de repouso em sua cidade natal, Monroeville.

Mais nova dos quatro filhos de Amasa Coleman Lee e Frances Cunningham Finch Lee, a escritora nasceu em 1926. Harper estudou direito na Universidade do Alabama e, em 1949, se mudou para Nova York, onde trabalhou em uma companhia aérea enquanto tentava seguir a carreira de escritora.

O Sol é Para Todos vendeu mais de 40 milhões de cópias e é reconhecido pela sensibilidade com a qual a escritora, branca, retrata o racismo e as injustiças sociais nos Estados Unidos, sobretudo no Sul, berço da luta pela igualdade. Na região estão os estados do Alabama e da Georgia, que registraram conhecidos episódios de tensão racial e confrontos ao longo da história norte-americana.

O romance narra a história de um advogado que defende um negro acusado injustamente de estuprar uma mulher em uma pequena cidade do sul. O livro virou filme em 1962 e depois espetáculo de teatro em várias cidades norte-americanas e também na Inglaterra.

Harper Lee sofreu um acidente vascular cerebral em 2007 e desde então sua saúde estava bastante debilitada. As causas da reclusão da escritora após o lançamento do livro nunca foram reveladas, mas ela costumava dizer que não entendia o sucesso da obra e que a repercussão a deixava surpresa.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br