“Folha corta e manipula outro lado”, denuncia Instituto Lula

Segundo Instituto Lula, o jornal Folha de S. Paulo na edição desta quinta-feira (25/02/2016), editou, tirou de contexto trechos e publicou parcialmente a nota enviada ao repórter Rubens Valente. O jornal cortou a informação mais importante, factual: o Instituto Lula não construiu nem sede, nem prédio neste século e funciona em uma casa adquirida em 1991. Após atribuírem erroneamente um sítio em Atibaia e um apartamento no Guarujá ao ex-presidente Lula, a imprensa insiste em inventar uma sede imaginária do Instituto Lula. Segue, para registro, a íntegra da mensagem enviada ao repórter e abaixo como a nota saiu na Folha.

Assessoria de Imprensa do Instituto Lula

De: José Chrispiniano – Ass. de Imprensa – Instituto Lula <imprensa@institutolula.org>

Data: 24 de fevereiro de 2016 19:20:02 BRT

Para: Rubens Valente Soares <>

Assunto: Re: Folha de S Paulo — reportagem

Caro Rubens,

 Reli a nota enviada para ti, e a coloco abaixo. Nem ela, nem a que está no site (http://www.institutolula.org/esclarecimentos-sobre-a-sede-do-instituto-lula) sugerem qualquer coisa. Você que sugere que ela sugere algo que ela não diz.  A nota simplesmente aponta fatos concretos, sem cogitações, sugestões ou suposições. O Instituto Lula foi criado em agosto de 2011 e não existia em 2010, o que é um fato público e noticiado. E a sede do Instituto Lula é um sobrado adquirido pelo IPET (antecessor do Instituto Cidadania e do Instituto Lula) em 1991, conhecido por muitos jornalistas, pelos mais experientes desde o século passado. Não há outra sede do Instituto. Não foi construído nenhum prédio.

Atenciosamente,

José Chrispiniano

O Instituto Lula (IL) foi fundado em agosto de 2011 na mesma casa onde antes funcionava o Instituto Cidadania, ao qual sucedeu, e antes desse o IPET (Instituto de Estudos e Pesquisas dos Trabalhadores). A sede fica em um sobrado adquirido em 1991. Em 2010, ano indicado na planilha, o Instituto Lula não existia ainda. Tanto o Instituto Lula, quanto o Instituto Cidadania não construíram nenhum prédio.

Como a Folha deu o “outro lado”

OUTRO LADO

Em nova nota encaminhada à Folha nesta quarta-feira (24), o Instituto Lula afirmou que não “sugeriu” que a Polícia Federal tenha cometido algum erro de datas ao analisar a planilha que mencionava o Instituto Lula vinculado ao ano de 2010.

Indagada sobre as notícias de 2010 que já diziam que a nova entidade liderada por Lula se chamaria Instituto Lula, a assessoria disse que “a nota simplesmente aponta fatos concretos, sem cogitações, sugestões ou suposições. O Instituto Lula foi criado em agosto de 2011 e não existia em 2010, o que é um fato público e noticiado”.

Por três vezes desde segunda a Folha indagou ao instituto se houve em 2010 alguma cogitação para obtenção ou construção de uma sede para o futuro Instituto Lula, mas a assessoria não respondeu.

*Com informação do Instituto Lula.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br