Feira de Santana: Sebrae apresenta ações para melhorar gestão de pequenos negócios

O Sebrae de Feira de Santana promoveu encontro com micro e pequenos empresários de clínicas de saúde e academias de ginástica do município para apresentar medidas que visam melhorar a gestão administrativa e financeira dos estabelecimentos. O evento foi realizado na quarta-feira (17/02/2016), na sede da instituição.

Entre as ações apresentadas está o projeto Saúde e Bem-Estar para o quadriênio 2016-2019. O objetivo é ampliar o conhecimento gerencial dos donos de pequenos negócios para otimização de processos administrativos, financeiros, tributários e de pessoas.

A ferramenta MEG – Modelo de Excelência da Gestão – é um dos destaques do projeto. Com ela é possível avaliar cada negócio e definir indicadores de soluções que serão aplicados de forma individual e coletiva. O MEG avalia cada modelo de gestão de forma objetiva levando em consideração os critérios de liderança, estratégia, pessoas, clientes, sociedade, conhecimento processos e resultados.

Os dados apresentados por essa ferramenta possibilitarão ao Sebrae identificar os pontos fortes e oportunidades para cada empreendimento e, com isso, realizar seminários, consultorias, cursos, reuniões e outros eventos de acordo com as necessidades apresentadas pelo grupo.

“A partir dessa definição você aprende a mensurar de forma clara como está a sua empresa perante o grupo e perante o mercado. É um grande avanço saber quais são os resultados obtidos dentro do projeto a partir dos indicadores. Com o MEG teremos de forma mais clara esses resultados e ao final do ciclo há o ganho de estar aprendendo quais são os pontos-chave dentro do seu segmento que precisam ser aprimorados”, explica o coordenador estadual de Comércio e Serviços do Sebrae, Tauan Reis.

Parceiro do projeto, Eduardo Monteiro, representante da AHSEB – Associação de Hospitais e Serviços de Saúde do Estado da Bahia – destaca a oportunidade de crescimento dos pequenos negócios através da proposta. “É interessante o projeto ajudar na gestão. Às vezes, por ser de pequeno porte, a empresa não tem um funcionário com conhecimento técnico para trabalhar com essas questões e o Sebrae vai oferecer o treinamento focando nestes profissionais”, avalia.

Mirela Ribeiro de Matos, gerente administrativa financeira da Clínica Radiológica de Feira de Santana, considera o projeto um salto importante no acompanhamento que a clínica já realiza no Sebrae desde o ano passado. “A partir de agora vamos colocar em prática alguns resultados que pretendemos alcançar, é um projeto muito bom”, diz.

Com a estratégia, 50 negócios de Feira de Santana devem receber, até o final de 2019, R$ 349 mil em investimentos. De acordo com a gestora do projeto no Sebrae em Feira de Santana, Lúcia Leite, com o mercado fitness sendo apontado como tendência em 2015 e a Bahia representando 25,8% do potencial de consumo de todo Nordeste, a oportunidade de mercado para desenvolver esse trabalho é enorme. “Há uma busca maior pelo bem-estar qualitativo”, frisa.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br