Eleições 2016 – Feira de Santana: encontro regional do Partido Verde reúne cerca de 300 pessoas

Cenas do encontro regional do PV, em Feira de Santana.

Cenas do encontro regional do PV, em Feira de Santana.

O Partido Verde (PV), presidido na Bahia por Ivanilson Gomes, promoveu na manhã de hoje (20/02/2016), no auditório da Câmara de Dirigentes Logistas de Feira de Santana, o Primeiro Encontro Regional da legenda. Oriundas de 40 municípios, participaram da atividade cerca de 300 pessoas, entre lideranças, filiados e simpatizantes. Estiveram presentes, também, membros do PPS, PMD além e outras agremiações.

Durante o encontro, o presidente estadual do PV afirmou que o partido tem potencial, bandeiras e causas reconhecidas pela sociedade. Ele acredita que o partido expressa elevado nível de pensamento e que pode seguir conquistando filiados na Bahia e em outros estados da federação.

Ivanilson Gomes citou como exemplo o Município de Salvador. Afirmando que o partido possui presença na vida da comunidade, com registro de crescimento de filiados.

– Os verdes literalmente são aceitos e bem vistos pela população soteropolitana por ser um partido ficha limpa que não se envolve em nenhum escândalo político, é visto como um partido leve, assim, atingindo um número expressivo de simpatizantes pelas nossas causas. – Afirmou Ivanilson Gomes.

Avaliação

Convidado pelo partido, o prefeito de Feira de Santana, Jose Ronaldo (DEM), participou da atividade. Na oportunidade, ele destacou pontos convergentes entre a linha de governo e o PV no que tange a questão ambiental.

Um dos líderes estaduais do partido, o secretário de Relações Interinstitucionais de Feira de Santana, Sérgio Carneiro, avaliou que o evento foi positivo, transcorrendo em dois turnos, manhã e tarde. Ele informou que as lideranças e os filiados puderam tirar dúvidas sobre o processo eletivo de 2016. Além de conhecerem, em maior profundidade, as ideias que o partido pretende defender para as eleições municipais desse ano.

Pré-candidato a vereador pelo PV, o jornalista Joilton Freitas infere que “o partido se defini como uma legenda alternativa, para quem busca uma participação na vida política tendo como princípio a ética.”.

Ao analisar o encontro, ele destacou o evento como um momento de maturidade partidária.

Por fim, Joilton Freitas afirmou que o PV feirense encontrou, na direção de Davi Leal e Sérgio Carneiro, uma oportunidade de crescimento.

Sobre o autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto Oliveira da Silva (Carlos Augusto) é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF). Atua como jornalista e cientista social. Telefone: (75)98242-8000 | E-mail: diretor@jornalgrandebahia.com.br.