Sarau Du Brown será inspirado nos quatro elementos da natureza

Projeto de Carlinhos Brown se consolida como uma marca da identidade baiana.

Projeto de Carlinhos Brown se consolida como uma marca da identidade baiana.

Os quatros elementos da natureza são a inspiração do Sarau du Brown, que começou 15 de novembro de 2016 e segue até o dia 24 de janeiro, às 18h, no Museu du Ritmo, com o tema Ritual ARTEFIREACCUA. “Nos reunimos para celebrar a natureza, que é você! Você terra, água, ar, fogo. O Sarau traz a sua manifestação que, como química de natureza, se transborda na alegria que a música e a dança sintetizam”, conta Carlinhos Brown, criador e anfitrião do concerto.

Nesta nova temporada, o artista apresenta um espetáculo com participações especiais, dirigido pelo amigo e diretor criativo Paulo Borges, criador do São Paulo Fashion Week. “A força da terra, a suavidade do ar, o ritmo dos ventos e suas revoltas harmônicas, nos conduz a este fogo que chamamos Carnaval. E para construir este ambiente, convidei Paulo Borges e, junto com ele, coreógrafo, bailarinos, músicos, técnicos, mais de 400 profissionais para servir a você!”, ressalta Brown.

RITUAL ARTEFIREACCUA

O Sarau é Ar, o Sarau é Terra, o Sarau é Fogo, o Sarau é Água. O tema deste ano surgiu durante uma conversa entre Carlinhos Brown e Paulo Borges sobre latinidade. “Para mim a latinidade se expressa através das sensações, das emoções, das energias, que consequentemente diz muito com as músicas do Brown, que são diversas e dialogam o universo contemporâneo, e com o que está acontecendo na vida das pessoas. Ele se preocupa e fala nas músicas sobre meio ambiente, emoção, diversão, amor, preconceito, intolerância, tudo muito atual inclusive”, explica o diretor criativo.

O ritual ARTEFIREACCUA incorpora uma estrutura de ópera e será dividido em quatro atos, cada um expressando as emoções dos elementos da natureza. “Quando eu pensei no Sarau, a primeira coisa que me veio à cabeça foi uma ópera urbana. Brown é um líder das ruas e as ruas conduzem todas as transformações de uma sociedade. A construção cênica fica à serviço de maximizar o sentido musical do Brown, a música construindo uma imagem”, explica Paulo Borges.

Durante a apresentação, os vídeos cenários assinados pelo documentarista Richard Luiz, ocupam o cenário concebido por Pedro Caldas. Um elenco de bailarinos de diferentes escolas de expressão corporal – clássico, dança de rua, hip hop – apresenta coreografias especialmente desenvolvidas por Luis Ferron com figurinos desenvolvidos e assinados pela equipe criativa da Ellus, comandada por Rodolfo Souza e Adriana Bozon. Já a direção musical é assinada por Carlinhos Brown e seus produtores assistentes Thiago Pugas e Maestro Nogueira. “Bem-vindo ao Ritual. Um show de sopros, percussão e dança, que expressa os quatro elementos da natureza para afirmar a alegria dos homens”, convida Brown.

“Será uma Ópera Contemporânea Antropofágica. Um momento que espelha o que vive o Brasil. Toda obra do Brown sempre retratou o cidadão brasileiro, o ‘Seo Zé’. Mais do que nunca, Brown, na sua poesia, se mostra vanguarda e ao mesmo tempo contemporâneo. São essas expressões que ganham uma roupagem inédita para o Sarau”, garante Paulo Borges.

Agenda

Local: Museu Du Ritmo, Comércio – Salvador (BA)

Data: 24 de janeiro | Horário: a partir das 18 horas

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br