Prefeito Fernando Haddaddiz acreditar em base social que criou o PT

O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, disse que o PT não vai reduzir sua participação no pleito municipal de outubro de 2016.

O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, disse que o PT não vai reduzir sua participação no pleito municipal de outubro de 2016.

O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), disse que não acredita em uma diminuição do PT nas próximas eleições devido às denúncias de corrupção envolvendo integrantes do partido.

Após se reunir com o ministro-chefe da Casa Civil, Jaques Wagner (PT), Haddad afirmou que os dois não conversaram sobre o processo de impeachment aberto contra a presidenta Dilma Rousseff, mas que acredita que o processo “está bem encaminhado”.

Em 2015, o PT viu reduzir a sua popularidade com os desdobramentos da Operação Lava Jato, que investiga denúncias de corrupção na Petrobras. Em novembro, o líder do governo no Senado, Delcídio do Amaral, que é do partido, foi preso, acusado de tentar obstruir as investigações.

De acordo com o prefeito de São Paulo, o PT não vai reduzir sua participação no pleito municipal de outubro deste ano. “Eu acredito muito na base social que forjou esse projeto. As pessoas que cometeram equívocos não respondem pela maioria dos filiados, militantes, que acreditam no projeto de um Brasil mais justo, com menos desigualdade e mais oportunidade.”

Haddad, que deve se candidatar à reeleição este ano, disse que só vai discutir o assunto a partir de abril. Na opinião dele, “ética é um atributo de indivíduos”. “Cada um responde pela sua conduta. Existe gente boa e gente ruim em todas sociedades humanas. Tem gente boa e ruim no PSDB, PT, PMDB, PP. Então quando você santifica ou criminaliza toda uma agremiação isso não faz sentido”, afirmou.

*Com informações da Agência Brasil.

Sobre o autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto Oliveira da Silva (Carlos Augusto) é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF). Atua como jornalista e cientista social. Telefone: (75)98242-8000 | E-mail: diretor@jornalgrandebahia.com.br.