Petistas defendem ministro Jaques Wagner durante encontro de tendência em Salvador

Encontro da EPS reúne militantes de diferentes regiões da Bahia.

Encontro da EPS reúne militantes de diferentes regiões da Bahia.

A Bahia já emitiu seu recado para o país sobre o ministro da Casa Civil Jaques Wagner (PT). Em encontro estadual da tendência interna do PT Esquerda Popular Socialista (EPS), realizado em Salvador, neste sábado (09/01/2016), militantes do partido e de diferentes setores da sociedade defenderam o ministro do governo Dilma e ex-governador da Bahia das acusações que tem recebido. De acordo com o deputado federal Valmir Assunção (PT-BA), um dos líderes da corrente no estado, Wagner é alvo de devassa por ter fortalecido o setor político da presidente da República. “A defesa é contra a tentativa torpe de setores da mídia e do judiciário que criminosamente vazam depoimentos e frases descontextualizadas dos processos e inquéritos da operação Lava Jato. Tudo isso para utilizá-las como arma política contra o PT”, diz Assunção.

O deputado baiano esteve no encontro da EPS em Salvador e formou a mesa de trabalho com a secretária estadual de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi), Vera Lúcia Barbosa, e com representantes do PT e do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), como Murilo Brito e Evanildo Costa, respectivamente. A plenária da tendência do PT conseguiu reunir militantes de todas as regiões da Bahia, além de vereadores, prefeitos, e diversos movimentos sociais, como o MST e os sem tetos. Foram 107 cidades representadas no encontro que ainda teve a presença de lideranças do movimento negro, de mulheres, quilombolas, intelectuais, juventude, LGBTs, de comunidades de fundo de pasto, indígenas e também dirigentes do PT de todas as cidades.

Ainda segundo Assunção, Wagner teve dois governos que marcaram o desenvolvimento da Bahia e que conseguiu dar para a presidente Dilma votações expressivas nos dois turnos que a reelegeram em 2014. “Conhecemos bem Jaques Wagner, sindicalista e defensor dos trabalhadores, aliado dos camponeses sem-terra, e foi o governador que levou água ao sertão. Foi ele que promoveu a maior inclusão social do Brasil, que levou estradas e hospitais ao interior da Bahia e dedicou toda a sua vida a defender nosso estado e o Brasil. A militância está a postos para enfrentar o conservadorismo golpista que tenta atingi-lo”.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br