Governo da Bahia apresenta operação de segurança para edição 2016 do carnaval

Apresentada operação de segurança para o Carnaval da Bahia 2016.

Apresentada operação de segurança para o Carnaval da Bahia 2016.

Com a presença do governador Rui Costa e demais autoridades, foi apresentada, nesta quarta-feira (27/01/2016), no Hotel Fiesta, em Salvador, a operação de segurança para o Carnaval da Bahia 2016. A festa contará com aproximadamente 26 mil servidores do Corpo de Bombeiros, das polícias Civil e Militar e Departamento de Polícia Técnica (DPT), que vão atuar de forma integrada para garantir a segurança dos foliões, entre os dias 3 e 9 de fevereiro, na capital baiana e em mais 30 cidades do interior.

“Quero reconhecer, dar os parabéns pelo empenho e profissionalismo dos trabalhadores da segurança pública, que, no ano passado, eleitos pela população, ganharam o troféu Dodô e Osmar como o melhor serviço público do Carnaval de Salvador. Não espero um resultado diferente este ano. Aliás, acredito que o trabalho dos bombeiros, policiais militares e dos policiais civis pode ser ainda melhor”, destacou o governador.
Para este ano, um investimento de R$ 42, 9 milhões será destinado ao pagamento de horas extras, montagem de postos policiais, além de uso de tecnologia, alimentação, entre outros itens. O esquema de segurança terá o apoio operacional de viaturas (carros, motos e caminhões), cavalos, além de dois helicópteros e dois aviões do Grupamento Aéreo da PM (Graer), responsável por apoiar as ações de policiamento ostensivo e prestar socorro em casos de urgência.
Dentre as ações apresentadas no encontro, está a revista promovida nos acessos à festa, através de 48 portais de segurança, onde os foliões serão inspecionados por detectores de metal e poderão passar por uma pesquisa no banco de dados criminal. A iniciativa tem o objetivo de impedir a entrada de armas nos circuitos da festa, e de viabilizar que indivíduos com pendências judiciais sejam detidos. A festa na capital baiana ainda contará com a Ronda Maria da Penha, que atuará em patrulhas, com especial atenção às ocorrências de violência contra a mulher.
Na parte tecnológica, o Centro Integrado de Comando e Controle Regional, localizado no Parque Tecnológico, funcionará como unidade central no deslocamento de policiamento e monitoramento das ocorrências. Nesse local, as imagens das 236 câmeras espalhas nos três circuitos oficiais, nos bairros com festas e nas ruas de acesso serão acompanhadas.
Operação Abadá
A Operação Abadá 2016 será realizada entre os dias 30 de janeiro e 9 de fevereiro, e envolverá um efetivo de 400 policias militares, que intensificarão a segurança nas imediações dos postos de entregas das fantasias, com o objetivo de prevenir furtos e roubos contra o folião.
O reforço no policiamento preventivo será feito nas vias públicas e nos locais de acesso ao Shopping da Bahia, Parque Atlântico (antigo Aeroclube), Shopping Paralela, Sede do Ilê Aiyê e Shopping Bela Vista, com postos fixos, radiopatrulhamento (carros e motos) e policiamento ostensivo a pé.
Atenção aos turistas
Turistas contarão com ações do Batalhão Especializado em Polícia Turística (Beptur), que conta com equipe capacitada e habilitada para comunicação em até seis idiomas – inglês, espanhol, alemão, francês, italiano e russo. O efetivo atuará em patrulhas nos circuitos e utilizará braçais com o símbolo de informação e das bandeiras correspondentes ao idioma falado. Os policiais estarão à disposição para orientar, dar boas vindas, atender e encaminhar ocorrências envolvendo estrangeiros que não têm o domínio do português.
Para atender a este público, oito postos estarão localizados nos circuitos do Carnaval em Ondina, Praça Castro Alves, Farol da Barra, Sabino Silva, Pelourinho e Campo Grande, e também no Porto Marítimo e no Aeroporto Internacional de Salvador. Além dos postos, neste ano os policiais militares atuarão com o apoio de uma viatura no intuito de atender ocorrências fora dos circuitos.
Logística 
Ao todo, 85 mil kits lanche, mais de 90 mil refeições e 768 mil copos de água serão distribuídos aos policiais militares empregados na Operação Carnaval.  Setenta e oito ônibus, 1.765 sanitários químicos, mil detectores de metais e 259 estruturas provisórias estarão disponíveis para suporte à tropa nos dias de folia. Também foram montadas sete bases de alojamento para acomodar os quase três mil policiais militares que virão do interior para reforçar o policiamento ostensivo dos circuitos.
Documentos perdidos 
 
Os documentos encontrados pela Polícia Militar nos circuitos do carnaval serão cadastrados e devolvidos ao seu titular. O cidadão pode verificar através do site www.pm.ba.gov.br se o seu documento foi localizado. Os documentos serão devolvidos a partir da primeira segunda-feira após o Carnaval no SAC do Shopping Barra e estarão disponíveis para a retirada durante 30 dias. Após este período, serão encaminhados para os órgãos expedidores. Já o turista poderá reaver seu documento perdido no período do Carnaval no Quartel do Comando Geral da PM, Largo dos Aflitos.
DPT
O Departamento de Polícia Técnica (DPT) vai contar com unidades móveis de perícia nos circuitos da folia e prestará serviços como exames de lesões corporais, coleta de impressão digital e laudos provisórios de constatação de drogas.
Corpo de Bombeiros
Durante a folia, o Corpo de Bombeiros vai desenvolver ações de combate a incêndios, busca e salvamento, atendimento médico pré-hospitalar, além de atendimento a ocorrências com produtos perigosos.
Rodovias estaduais 
O Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) irá utilizar 444 policiais militares nas rodovias estaduais, que estarão distribuídos em seis companhias de policiamento.
Entre as ações do Batalhão Rodoviário serão realizados acompanhamentos a ônibus de turismo, fiscalização de equipamentos, dos documentos obrigatórios (veículo e condutor) e do uso de bebida alcoólica, bem como abordagens policiais com vistas ao enfrentamento de crimes como: tráfico de armas, de drogas e de pessoas.
O BPRv utilizará radares móveis em pontos estratégicos das rodovias com o objetivo de fiscalizar o excesso de velocidade dos condutores, além de reforço com postos fixos e móveis.
Pesquisa 
Anualmente, a Ouvidoria da Polícia Militar realiza, no período do Carnaval, uma pesquisa de opinião para analisar a percepção do folião sobre o policiamento ostensivo e a avaliação dos PMs sobre os meios disponibilizados para a execução do serviço. Essas informações servem para aprimorar os serviços prestados, bem como oferecer melhores condições de trabalho e bem estar à tropa.  Com o intuito de ampliar o feedback de turistas e da tropa que vem do interior, a Ouvidoria neste ano aplicará a pesquisa em aeroportos, portos, rodoviária, pontos turísticos, nas bases de alojamento e postos de reunião de tropa.
Interior
O reforço da segurança estará presente no Carnaval de 30 cidades do interior da Bahia, são elas: Barreiras, Correntina, Santa Maria da Vitória, Brejolândia, Brotas de Macaúbas, Paratinga, Macaúbas, Paramirim, Guanambi, Rio de Contas, Jussiape, Piatã, Nova Redenção, Palmeiras, Vitória da Conquista, Cândido Sales, Várzea do Poço, Itiúba, Santa Bárbara, Maragogipe, Valença, Itacaré, Ilhéus, Canavieiras, Belmonte, Santa Cruz Cabrália, Porto Seguro, Prado, Nova Viçosa e Mucuri.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br