Feira de Santana: vereador Beldes Ramos critica aumento do valor da passagem do sistema de transporte público municipal

Beldes Ramos: "Isso quer dizer que aqueles que optarem pelo pagamento em espécie terão que desembolsar o valor de R$ 3,30. Sem contar que o aumento será bem maior para os usuários dos distritos de Bonfim de Feira, Jaguara e Tiquaruçu, que pagarão o valor de R$ 3,90.".

Beldes Ramos: “Isso quer dizer que aqueles que optarem pelo pagamento em espécie terão que desembolsar o valor de R$ 3,30. Sem contar que o aumento será bem maior para os usuários dos distritos de Bonfim de Feira, Jaguara e Tiquaruçu, que pagarão o valor de R$ 3,90.”.

Questionando qual será o comportamento da população feirense depois do anúncio de reajuste na passagem do transporte coletivo, podendo chegar até R$ 3,90, o vereador petista, Beldes Ramos, externou em seu perfil oficial do Facebook, a sua indignação com o aumento exorbitante no valor da passagem do transporte coletivo de Feira de Santana.

Postagem

– Como se não bastasse o aumento abusivo na tarifa do transporte coletivo anunciada essa semana, que definiu o reajuste da passagem para R$ 3,10, a população feirense recebe mais uma surpresa do governo municipal, e a partir de março, esse valor será apenas para o usuário que utilizar o sistema de cartão.

– Isso quer dizer que aqueles que optarem pelo pagamento em espécie terão que desembolsar o valor de R$ 3,30. Sem contar que o aumento será bem maior para os usuários dos distritos de Bonfim de Feira, Jaguara e Tiquaruçu, que pagarão o valor de R$ 3,90.

– Isso é uma afronta à população. Mas já era de se esperar algo assim contra o povo. Essa é a prova de que o prefeito José Ronaldo de Carvalho age insensivelmente contra os trabalhadores e estudantes de nossa cidade. Não podemos mais admitir a falta de compromisso dessa gestão defasada.

– A justificativa dada para o aumento envolve interesses de tantas partes que o povo custa a entender como a majoração foi decidida e referendada em tão pouco tempo. Não se trata apenas do aumento de 60 centavos. O impacto do aumento da tarifa do transporte público na Região Metropolitana de Feira de Santana para R$ 3,30, deve desencadear uma série de outros reajustes e prejudicar, principalmente, as famílias com renda de um salário mínimo.

– Além dessa questão, a população feirense tem que amargar uma gestão que está acabando com a cidade. Lamentavelmente, o prefeito mostra que não tem compromisso com o social. Aumenta tarifa de ônibus, abandona obras públicas e essenciais ao povo, as unidades de saúde que não possuem médicos, o não cumprimento do piso salarial dos agentes de saúde, a falta de compromisso com a educação, as irregularidades na sua gestão, e ao que diz respeito ao transporte coletivo, não há um projeto de mobilidade urbana que contemple o transporte público e isso tudo influencia no serviço que é oferecido à população. A qualidade do transporte coletivo na cidade ainda é longe do ideal. Os atrasos dos ônibus são frequentes, a maioria que atende a terminais circula lotada. Desde que foi dada a notícia do aumento na tarifa do transporte coletivo, a população só tem reclamado. E aí eu me pergunto mais uma vez. Afinal, qual será a consequência da grande insatisfação do povo com aumento de 60 centavos na passagem de ônibus?

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br