“Feira de Santana está entregue às baratas!”, denuncia cidadão feirense

E-mail de cidadão feirense denuncia precária prestação de serviço do município e possível abuso de estabelecimento comercial.

E-mail de cidadão feirense denuncia precária prestação de serviço do município e possível abuso de estabelecimento comercial.

E-mail encaminhado na madrugada de hoje (12/01/2016) à redação do Jornal Grande Bahia relata o desespero de moradores da Rua Aderbal Miranda e proximidades (Bairro Brasília – Feira de Santana) com o possível uso indevido de som, em horário impróprio, por estabelecimento comercial.

O morador diz que, na referida noite, o Bar Point da Galera armou um palco improvisado do lado de fora do estabelecimento e contratou uma banda, que tocava som em elevado volume, incomodando os moradores da vizinhança.

Expressando desespero pessoal, o cidadão relata que tentou manter contato com vários serviços públicos, inclusive com a Secretaria Municipal do Meio Ambiente, e lhe foi informado que nada poderia ser feito.

Confira o teor da denúncia do morador

Feira de Santana está entregue às baratas!

Boa noite,

Prezados!

São 00:40 da terça feira de 12/01 e estamos todos aqui sem poder dormir por conta de um bar, ou —–, como quiserem chamar, que está com o som nas alturas. Ligamos para o 156, que é o telefone da Secretaria do meio Ambiente e eles disseram que não podiam fazer nada porque hoje não tem fiscalização! Ligamos para a polícia e a mesma informou que é com a Secretaria do Meio Ambiente, ou seja, estamos entregues as baratas! Essa —— não deve nem ter alvará de funcionamento, quanto mais inspeção da Anvisa e corpo de bombeiros! No entanto, armaram um palco improvisado do lado de fora do estabelecimento, contrataram uma banda, e a vizinhança que se exploda!! Nome do —– Bar Point da Galera, fica na rua Aderbal Miranda esquina com a Av. Sto. Antônio, Bairro Brasília. Procurei o e-mail dos nobres vereadores da cidade (#SQN) e no portal da Câmara de vereadores não consta… Portanto, não sabemos a quem apelar!

A vizinhança agradece!

Sobre o autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto Oliveira da Silva (Carlos Augusto) é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF). Atua como jornalista e cientista social. Telefone: (75)98242-8000 | E-mail: diretor@jornalgrandebahia.com.br.