Estudante de São Gonçalo dos Campos é aprovada em universidade pública pelo Sisu

Estudante de São Gonçalo dos Campos Danielly Freitas é aprovada em universidade pública pelo Sisu.

Estudante de São Gonçalo dos Campos Danielly Freitas é aprovada em universidade pública pelo Sisu.

Estudantes que concluíram o ensino médio em escolas estaduais estão alcançando excelente desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Com isso, estão conquistando vagas em universidades públicas em diferentes estados do País, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), do Ministério da Educação (MEC).

É o caso da estudante Danielly Freitas, 17 anos, do Colégio Estadual Polivalente de São Gonçalo dos Campos, que vai cursar História, na Universidade Federal do Recôncavo Baiano (UFRB). “Desde o 8º ano do Ensino Fundamental eu já tinha definido que queria me formar em História para atuar na área de pesquisa e também lecionar em universidades”, revela a futura historiadora.

A estudante do Colégio Estadual Tereza Borges de Cerqueira, no município de Caetité, Renata Junqueira, 17 anos, tirou a nota 980 na Redação do Enem e comemora a sua aprovação em Psicologia, na Universidade Estadual da Paraíba (UEPB). “Estou muito contente e não vejo a hora de estudar”, afirma, destacando a contribuição da escola na sua formação. “As oficinas de Matemática, participação em projetos de iniciação científica e aulas de Atualidade e de Redação me ajudaram muito na realização das provas”.

Maria Emília Alves, 17 anos, concluiu o ensino médio no Colégio Estadual Flaviano Dantas do Nascimento, localizado em Banzaê, distrito de Cícero Dantas, foi aprovada em 1° lugar no curso de Fisioterapia, da Universidade Federal de Sergipe (UFS), através do sistema de cotas direcionadas a alunos de escola pública. Moradora do povoado São João da Fortaleza, localizado na zona rural, ela conta que sua rotina de estudos foi intensificada desde o 1° ano. “Estou muito feliz com o resultado porque me dediquei muito nesses últimos anos e sempre contei com o apoio da minha família e dos meus professores”, afirma.

Já Rafael Ferreira, 18 anos, acabou de concluir o curso técnico em Gerência em Saúde, no Centro Estadual de Educação Profissional em Saúde e Gestão, no município de Guanambi e vai direto para a Universidade Federal do Oeste da Bahia (Ufob), cursar Engenharia Elétrica. Ele conta que fazer o curso técnico foi um diferencial. “Na disciplina de Primeiros Socorros estudei muitos conteúdos de Biologia que foram essenciais para o Enem. Além disso, em Língua Portuguesa aprendi a construir textos dissertativos que me ajudaram a obter a nota 760 na Redação e que também contribui para a minha aprovação. Estou muito feliz com essa oportunidade”.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br