Deputado Hildécio Meireles diz que governador “Rui Costa já deveria ter enxergado falhas de Wagner, mas continua persistindo no erro”

Hildécio Antonio Meireles Filho critica governador.

Hildécio Antonio Meireles Filho critica governador.

Após tomar conhecimento das declaracões do governador Rui Costa (PT) que a gestão do seu antecessor, Jaques Wagner (PT), apresentou “falhas” na gestão patrimonial, contábil, orçamentária e financeira e que fará o máximo para corrigi-las, o deputado Hildécio Meireles destaca que Rui admite falha tardiamente e que há muito já deveria ter corrigido, mas continua persistindo no erro.

Confome o deputado, mesmo em meio a crise, o Governo do Estado aumentou a conta de pessoal em 22,8%, apesar de ter concedido um reajuste salarial aos servidores de apenas 3,5%.

“Com isso, de acordo com palavras do próprio secretário estadual da Fazenda, Manoel Vitório, a Bahia tendia a ultrapassar o limite prudencial de R$ 46, 55% com despesa de pessoal em 2014.

Aliado a isso, conforme Hildécio Meireles alertou,  as despesas com exercícios anteriores também estavam muito além do permitido.

“O governo reclama, porém, os dados são omitidos e não se fala que as contas de 2014 tem efeito avassalador nas de 2015 e alguns artifícios tiveram que ser utilizados para não se incorrer no crime de responsabilidade fiscal. Um deles foi transferir despesas de pessoal e encargos de 2014 para 2015. Por tabela, este ano, do período de janeiro a agosto, o governo já havia gasto quase 23% a mais do que o mesmo período do ano passado na conta de pessoal e ainda continua em novas contratações em regime temporário”.

Reforçando, o deputado destaca que o executivo estadual, simplesmente, jogou para frente R$ 1,6 bilhão de despesas do ano passado, como forma de promover um suposto superávit primário de R$ 1,13 bilhão. E agora, conforme destaca o peemedebista, busca obter um déficit primário de R$1,2 bilhão, como proposto no projeto de número 21620/2015 e não mais um superávit previsto na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO).

“Dentre muitos outros erros de gestão que há muito venho alertando. Contudo, em prol dos baianos espero que, de fato, o governador busque corrigir as falhas que vem ganhando força em seu governo, de forma que as contas não se compliquem mais e a população pague ainda mais caro”.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br