Deputada Fátima Nunes diz que “José Carlos Aleluia está preocupado é com o próprio umbigo”

Deputada Fátima Nunes critica líder do Democratas José Carlos Aleluia.

Deputada Fátima Nunes critica líder do Democratas José Carlos Aleluia.

“O deputado José Carlos Aleluia reclama que Wagner não entregou a ponte Salvador-Itaparica, ainda em estudos, mas esquece que o Governo da Bahia, em menos de dois anos, concluiu a obra ‘interminável’ do metrô, iniciada no Governo de Imbassahy, apoiado por ele, e que consumiu milhões em corrupção e incompetência e ainda construiu mais 6 km, viabilizando o equipamento”, pontua a deputada estadual Fátima Nunes (PT). A parlamentar rebateu as acusações levantadas por Aleluia, que chamou Wagner de “mentiroso”, lembrando que a Bahia é apontada como Estado mais transparente do País, com nota 10, “ao contrário da Prefeitura de Salvador que está próximo a 200ª colocação”.

Segundo Fátima Nunes (PT), Aleluia está preocupado com o próprio umbigo e aponta a metralhadora verbal sem nenhum argumento e apenas no sentido de atacar o ministro Wagner. “Wagner provou sua competência nos ministérios por onde passou durante o Governo Lula e em oito anos de Governo na Bahia, onde transformou a realidade do interior do Estado em regiões onde os Governos Carlistas mantinham currais eleitorais e ganhavam com a miséria e falta de conhecimento do povo.”

Para Fátima, o combate a corrupção só acontece porque existe autonomia dos órgãos fiscalizadores. “A corrupção se instalou fortemente dentro da Petrobras durante o governo de Fernando Henrique Cardoso, apoiado pelo DEM e acabou institucionalizada. O importante é que o País hoje alcançou a democracia plena que permite à Polícia federal e Ministério Público investigarem a maior empresa do País, ao contrário do que ocorreu nos ‘anos de chumbo’, dos quais se ‘lambuzou’ o carlismo de Aleluia e o seu partido Arena/PFL/DEM”.

Segundo a deputada, o governo federal reconhece os problemas ocorridos na administração da Petrobras e colabora com as investigações. “O que Aleluia prega é a desestabilização do País, que beneficiaria justamente o grupo político e empresarial do qual ele faz parte que lida diretamente com a especulação e o caos. Ele é contra as políticas sociais do Governo, pois tira o povo da miséria e garante educação. Informado, o povo baiano botou para correr o Carlismo. É disso que ele tem medo”.

Para Fátima Nunes, o momento é de apoiar a presidenta Dilma. “Não são os empresários e políticos interessados na saída de Dilma que vão ditar sobre a continuidade do Governo e sim a voz das ruas, das pequenas cidades, do semiárido, do Sertão Nordestino. Não foi a aristocracia que elegeu o Governo do PT e sim os milhões de brasileiros que viviam na miséria, sofriam com a falta d’água, de energia, de comida, de educação. A hora é de se rediscutir o País e buscar o melhor caminho para a população e não para satisfazer o grupo político-empresarial que banca o PSDB-DEM”.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br