Cairu mantém tradição secular e realiza neste final de semana mais um Reisado de São Benedito

Conguinhos e Chegancinha, versão mirim dos grupos folclóricos Congos e Chegança.

Conguinhos e Chegancinha, versão mirim dos grupos folclóricos Congos e Chegança.

O município de Cairu, no Baixo Sul da Bahia, celebra neste domingo (10/01/2016) o Reisado de São Benedito, em louvor ao padroeiro da cidade. A Festa, tradição do Brasil Império e celebrada anualmente no município, tem início na noite do sábado com apresentação de atrações musicais. Os festejos seguem no domingo de manhã com celebração de missa, cortejo pelas ruas da cidade com participação de grupos culturais, além de mais shows à noite.

Apesar do lado lúdico e profano da festa, as celebrações têm forte caráter religioso e busca conservar a tradição centenária. Pelas ruas há gente simples que vira rei, com vestimentas ricamente adornadas com miçangas e lantejoulas. Os negros relembram através da dança seus antepassados, simulando o combate entre mouros e cristãos.

O Reisado de São Benedito é uma manifestação com mais de 400 anos. “Esta é uma das festas mais importantes da cidade. Rica em simbologia, religiosidade, cultura e, com isso resgata a auto-estima da população local”, afirma Fernando Brito, prefeito de Cairu.

A programação religiosa inclui uma missa solene no Convento de Santo Antônio, no domingo (10), a partir das 10h. A celebração atrai moradores e turistas em agradecimento aos feitos do santo protetor. Após a missa em louvor a São Benedito, os grupos folclóricos Chegança e Congos se reúnem em frente ao convento para dar início ao cortejo pelas ruas da cidade, mostrando seu colorido e musicalidade.

Já a parte profana da festa conta com a realização de shows nas noites de sábado (9) e domingo (10), a partir das 22h, na Praça Teixeira de Freitas, localizada na entrada da cidade. A grade de atrações já está confirmada. No sábado se apresentam os grupos Kolé I Pan, Thierry e Xamegarte. Já no domingo a população vai poder curtir os shows da Guig Ghetto, Samba Connós e ainda É Massa É Dez.

Para concluir os festejos, a Barquinha (manifestação cultural local) faz o seu desfile na segunda (11), com o barco sendo arrastado pelas ruas da cidade.

São Benedito

O santo protetor dos negros e escravos, conhecido mundialmente, tem uma história de vida repleta de valores humanos admirados por devotos e adoradores. Sua popularidade foi alcançada inicialmente em Portugal, através dos negros. A simplicidade, humildade, amor a Deus e ao próximo são algumas das características que tornaram São Benedito uma referência religiosa.

O dia 26 de Dezembro foi escolhido para celebrar o culto a São Benedito, tornando-se uma tradição que vem do Brasil Império e segue até hoje. Em Cairu a celebração acontece sempre no segundo domingo de janeiro, em virtude das celebrações da Festa dos Santos Reis.

Outras publicações

MPF quer salvaguardar patrimônio arqueológico de Itacaré e Cairu, na Bahia MPF quer salvaguardar patrimônio arqueológico de Itacaré e Cairu, na Bahia. MPF quer salvaguardar patrimônio arqueológico de Itacaré e Cairu, na ...
Em ação do MPF, responsáveis por restauração do Convento de Santo Antônio de Cairu têm bens bloqueados em mais de R$ 2,6 milhões Como o projeto de restauração do Convento de Santo Antônio de Cairu, patrocinado pela Petrobras, não foi concluído, o MPF ajuizou outra ação para que...
Prefeito reivindica reparos na estrada Cairu a Nilo Peçanha Deputado estadual Rosemberg Pinto, secretário Josias Gomes, e o prefeito de Cairu, Fernando dos Santos Brito. O secretário Josias Gomes, da Secretar...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br