BC divulga ranking de reclamações de clientes contra bancos

O Banco Itaú liderou o ranking de reclamações de clientes.

O Banco Itaú liderou o ranking de reclamações de clientes.

O Itaú liderou o ranking de reclamações de clientes contra instituições financeiras em dezembro, com índice de 10,22, de acordo com dados divulgados hoje (15/01/2016) pelo Banco Central (BC). No total, foram 612 reclamações consideradas procedentes, ou seja, o BC verificou indício de descumprimento de lei ou regulamentação.

Na relação estão as instituições financeiras com mais de 2 milhões de clientes. Para fazer oranking, as reclamações são divididas pelo número de clientes da instituição financeira que originou a demanda e multiplicadas por 1 milhão. Assim, é gerado o índice, que representa o número de reclamações de cada instituição para cada grupo de 1 milhão de clientes.

O Bradesco ocupa a segunda posição no ranking divulgado pelo BC, com índice de 8,39, e em terceiro vem a Caixa, com 7,89.

Em dezembro, as irregularidades relativas à integridade, confiabilidade, segurança, ao sigilo ou legitimidade das operações e serviços relacionados a cartões de crédito (294) foram o principal motivo de reclamação. Em segundo lugar ficou a cobrança irregular de tarifa por serviços não contratados (280) e em terceiro, o débito em conta de depósito não autorizado pelo cliente (255).

Em nota, o Itaú respondeu que em 2015 foi incorporado o atendimento de novos negócios e isso gerou um aumento natural no número consolidado de reclamações. “De qualquer forma, todas as manifestações de nossos clientes são objeto de nossa melhor atenção e representam oportunidades. Continuaremos trabalhando para aprimorar os serviços e para aumentar a satisfação dos clientes”, disse o banco.

Procurados, o Bradesco não se pronunciou sobre o ranking. A Caixa informou, em resposta àAgência Brasil, que “revisa permanentemente seus serviços e produtos para garantir a satisfação dos seus clientes” e que a redução das reclamações e o aumento de soluções são prioridades do banco. “Esclarece ainda que valoriza as informações e reclamações dos clientes, feitas por canal interno ou externo, e as utiliza como subsidio para melhorar e modernizar o seu atendimento”, diz o texto.

Texto alterado às 14h08 para corrigir informação no primeiro parágrafo. O ranking se refere a dezembro, e não a novembro, como estava no texto. E atualizado às 17h para incluir a posição da Caixa sobre o ranking.

*Com informação da Agência Brasil.

Outras publicações

“Esperança pela solidariedade”: imagens de refugiados sírios no Brasil Mjed Mojleh, refugiado sírio no Brasil, com a carteira de identidade para estrangeiro Exposição de fotografias será inaugurada nesta quinta-feira, n...
Tarso defende PF e diz que governo O ministro da Justiça, Tarso Genro, disse hoje (15/12/2009) que o governo “despolitizou” o combate à corrupção e que a Polícia Federal (PF) tem uma po...
Ministro do Trabalho afirma que Congresso é soberano para decidir sobre salário mínimo O ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi, afirmou nesta segunda-feira (10/01/2011) que caberá ao Congresso Nacional definir o valor do salário mí...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br