Tribunal de Justiça bloqueia bens do ex-governador do Distrito Federal José Roberto Arruda

Tribunal de Justiça bloqueia bens do ex-governador do Distrito Federal José Roberto Arruda.

Tribunal de Justiça bloqueia bens do ex-governador do Distrito Federal José Roberto Arruda.

O Tribunal de Justiça do Distrito Federal (TJDF) bloqueou os bens do ex-governador do DF José Roberto Arruda. A decisão foi tomada depois que a 8ª Vara da Fazenda Pública recebeu  denúncias do Ministério Público local, que incluem o deputado federal Augusto Silveira de Carvalho e o ex-prefeito de Águas Lindas de Goiás, Geraldo Messias de Queiroz.

A Justiça acatou o pedido do Ministério Público, que pediu a apuração de atos de improbidade administrativa. Segundo a denúncia, as irregularidades teriam sido cometidas em contratos feitos em abril de 2009 para reforma, ampliação, contratações e compra de materiais em um hospítal no município de Águas Lindas de Goiás. Os contratos custaram aos cofres do Distrito Federal, mais de R$ 12 milhões.

Segundo a defesa do ex-governador Arruda, a decisão causou surpresa, porque já havia sido rejeitada anteriormente. O advogado disse que estuda medidas que serão tomadas, mas disse que vai entrar com recurso.

O advogado do deputado Augusto Carvalho, que na época era Secretário de Saúde do DF, disse que não concorda com a nova decisão, já que havia sido revogada pelo Tribunal. Segundo ele, a defesa já está elaborando o recurso.

José Roberto Arruda foi governador do Distrito Federal entre 2007 e 2010 e já havia sido denunciado por suposto esquema de desvio de dinheiro, em 2009. Ele chegou a ser preso depois de negar envolvimento em atos investigados pela Operação Caixa de Pandora, da Polícia Federal, e chegou a ser cassado pela Justiça Eleitoral.

A reportagem não conseguiu contato com o ex-prefeito Geraldo Messias de Queiroz.

*Com informação da Agência Brasil.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br