Senador Renan Calheiros propõe desenvolvimento “pra valer” para evitar rebaixamento de nota

É preciso desamarrar os pés do Brasil e deixar o país voltar a caminha, diz o senador Renan Calheiros.

É preciso desamarrar os pés do Brasil e deixar o país voltar a caminha, diz o senador Renan Calheiros.

Ao comentar o rebaixamento da nota do Brasil e a retirada do grau de investimento do país pela agência de classificação de risco Fitch nesta quarta-feira (16/12/2015), o presidente do Congresso Nacional, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), lembrou ter dito sempre que o ajuste fiscal proposto pelo governo é insuficiente.

Enquanto não houver uma agenda pela retomada do desenvolvimento “pra valer, o Brasil vai continuar pagando esse preço”, disse o senador.

“É essa consciência que todos nós devemos ter – Executivo, Legislativo e Judiciário. Precisamos desamarrar os pés do Brasil , deixar o Brasil voltar a caminhar. Temos que fazer o dever de casa, o que precisar ser feito do ponto de vista das mudanças estruturais para que país volte a crescer, nós temos que fazer”, afirmou Renan.

Permanência de Levy

Sobre a questão da permanência no cargo do ministro da Fazenda, Joaquim Levy, que é contra a proposta do governo de reduzir a meta de superávit primário de 2016 de 0,7% para 0,5% do Produto Interno Bruto (PIB), Renan disse que não é especialista no assunto e defendeu o que chamou de “realismo orçamentário”. De acordo com o senador, o Orçamento precisa ser realista para que se devolva a segurança jurídica ao país. “Precisamos, em primeiro lugar, ter um marco institucional que garanta isso.”.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br