Secretária fala sobre remanejamento e nega caos na saúde de Porto Seguro

Secretária de Saúde de Porto Seguro, Edna Alves.

Secretária de Saúde de Porto Seguro, Edna Alves.

Secretária fala sobre remanejamento e nega caos na saúde de Porto Seguro“Os boatos de que a Saúde fechou as portas neste mês de dezembro não procedem, o que acontece é um remanejamento de serviços para garantir o equilíbrio financeiro aqui no município”.

A declaração é da secretária de Saúde de Porto Seguro, Edna Alves, ao falar sobre o planejamento referente  ao atendimento nas Unidades Básicas de Saúde, montado para este mês. De acordo com ela, há, comumente nos meses de dezembro, uma expressiva diminuição na procura pelos serviços da Atenção Básica, ofertados nas UBS, além disto, o repasse no Ministério da Saúde para o mês corrente será reduzido 50%.

“Todos os serviços estão garantidos para o mês de dezembro, porém estamos envolvendo a comunidade com os servidores concursados e com os profissionais do Programa Mais Médicos. Consultas, vacinação, pré-natal, teste do pezinho e os demais serviços como combate à endemias, UPA, SAMU e atendimento no Hospital Municipal continuam a disposição. Fizemos um contingenciamento de despesas para fechar o ano em acordo com a responsabilidade fiscal”, disse.

Os atendimentos aos moradores do Complexo Frei Calixto serão realizados nas unidades do Mercado do Povo, Vila Jardim e Centro (próximo ao estádio). Em Arraial d’Ajuda, na UBS Arraial-bairro, em Trancoso na Unidade local. As unidades de Vera Cruz, Itaporanga, Caraíva e Nova Caraíva seguem funcionando normalmente. A secretária frisou ainda que o estoque de material e medicamentos foi reforçado para atender toda a demanda, e havendo necessidade, os moradores devem dirigir-se à rede de urgência e emergência.

Para Edna os 19% investidos na Saúde pela atual gestão declaram o empenho do Executivo em contribuir com o bem-estar das pessoas. Segundo ela, a crise vivenciada pelo Sistema Único de Saúde (SUS), tem sobrecarregado os municípios.

“Conseguimos manter por muito tempo serviços de Saúde sub-financiados, como é o caso do laboratório Lacen e do Centro de Especialidades Odontológicas. Com muito esforço conseguimos ajustar nosso orçamento e isto, infelizmente reflete em rescisão de contratos precários. É difícil, pois sabemos que por trás de cada trabalhador existe uma família que muitas vezes depende dele, porém o concurso público bem como o processo seletivo já foram convocados, e já no início do ano todas as UBS retomarão o trabalho com todos os profissionais necessários”.

*Com informações da Namídia Comunicação.

Outras publicações

Centro especializado atende mulheres vítimas de violência em Porto Seguro Secretária Olívia Santana e governador Rui Costa participam de ato inaugural. Criado para romper o ciclo de violência contra as mulheres, o Centro d...
Arquitetos da Costa do Descobrimento querem Porto Seguro mais acessível Arquitetos debatem questões sociais. “A última Paralimpíada, realizada em Londres,  foi uma ocasião de reflexão, abrindo nossos horizontes, mostrand...
Pronatec forma 350 novos técnicos em Porto Seguro Pronatec forma 350 novos técnicos em Porto Seguro. A cerimônia de formatura marcou a abertura do mercado de trabalho para 350 alunos dos cursos do P...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br