Secom de Feira de Santana promove palestra e homenageia profissionais da imprensa

Encontro promovido pela Secom reuniu profissionais de imprensa da cidade de Feira de Santana. José Carlos Teixeira foi o jornalista convidado para palestrar.

Encontro promovido pela Secom reuniu profissionais de imprensa da cidade de Feira de Santana. José Carlos Teixeira foi o jornalista convidado para palestrar.

O jornalista deve ser ético ao ouvir o sedutor canto da sereia emitido pelo poder. É a opinião do jornalista José Carlos Teixeira, que palestrou sobre o tema “Jornalismo e poder”, durante o encontro, ocorrido no sábado (19/12/2015), entre o prefeito José Ronaldo de Carvalho, e secretários com os repórteres que fazem a cobertura política no município. Vários foram homenageados com a placa “Faço parte desta história”, uma maneira de reconhecer o trabalho realizado neste setor na cidade.

Comenta que o interesse público é que norteia a notícia. E que as empresas deste setor são negócios como outro qualquer, mas com a diferença de que esta atividade envolve valores fundamentais para o desenvolvimento da sociedade. Também falou sobre o controle da mídia, Lei de Acesso à Informação, da independência dos órgãos de controle, da quantidade de políticos (271, quantidade que considera não verdadeira) que são donos ou diretores de emissoras de rádio ou TV (348).

O experiente José Carlos Teixeira, com passagens por grandes jornais do país, como O Globo e Estadão – foi o primeiro editor-chefe do extinto diário local Feira Hoje, afirmou que esta é uma profissão para a vida toda e quem desiste no meio do caminho não o é. Para ele, é um profissional que se emociona e de indigna e não deve perder esta capacidade.

Destacou que não existe jornalismo sem apuração da notícia e que o repórter deve contar a história (é um contador de histórias) mais próxima da verdade que ele conseguir chegar, buscar elementos que se aproximem dela. Afirmou também que o jornalismo apenas faz sentido numa democracia, sistema de governo onde existe a pluralidade de ideias.

O prefeito José Ronaldo de Carvalho, disse que o seu governo sempre vai estar aberto ao trabalho da imprensa, que considera imperioso para levar as informações precisas à comunidade. “É um encontro descontraído com profissionais que fazem diariamente a cobertura do governo com a responsabilidade de deixar as pessoas informadas. É o que eles vem fazendo, e bem feito, ao longo dos últimos anos. E vamos continuar dando o apoio necessário”.

Para o secretário de Comunicação Social, Valdomiro Silva, a participação dos jornalistas e radialista é uma mostra de que há uma boa relação entre as partes. E que a ética vai nortear o relacionamento entre as partes. Foi a Secom que promoveu o encontro.

Estiveram presentes os secretários de Saúde Denise Mascarenhas, da Seprev Mauro Moraes, de Habitação Sandro Ricardo e o de Transporte e Trânsito, Pedro Boaventura.

Foram homenageados os seguintes profissionais: Edson Borges, Dilton Coutinho, Maura Sérgia, Cristovão Aguiar, José Carlos Pedreira (Zé Coió), Madalena de Jesus, Socorro Pitombo, Antônio Carlos Cerqueira, Luiz Mário Cerqueira, Henrique Cerqueira, Rogério Santana, Tanúrio Brito, Jorge Teles, Agnaldo Santos, James Nassif, Aristides Oliveira, Carlos Geilson, Jorge Magalhães, Wilson Mario, José Carlos Teixeira, Valter Xéu, Framário Mendes, Geraldo Lima, Carlos Lima, Reginaldo Pereira, Marcílio Costa e Antônio Sotero.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br