Presidente da Câmara Municipal participa da reinauguração do Mercado de Arte Popular de Feira de Santana

Cenas da reinauguração do Mercado de Arte Popular de Feira de Santana.

Cenas da reinauguração do Mercado de Arte Popular de Feira de Santana.

O Presidente do Poder Legislativo Reinaldo Miranda – Ronny (PSDB) participou nesta noite de terça-feira (29/12/2015), da entrega oficial do Mercado de Arte de Feira de Santana (MAP). O espaço será reaberto ao público no dia 4 de janeiro de 2016, a data foi decidida pelos próprios comerciantes.

No dia da reabertura do MAP, os permissionários farão a transferência dos seus materiais e produtos, bem como a arrumação das mercadorias e a instalação dos seus equipamentos. No espaço funcionará, além, dos boxes que vendem artesanato, barbearia, restaurantes, bares, lanchonetes, chaveiro, relojoeiro, lan house, tabacaria. Lá também será sede do Instituto Histórico Geográfico de Feira de Santana e da Academia de Letras.

Vamos relembrar um pouco a história do Mercado Municipal, hoje Mercado de Artes Popular

Criado como Mercado Municipal em 1914 pelo coronel Bernardino da Silva Bahia, com uma arquitetura neoclássica, abrigou por décadas o comércio de secos e molhados e principal ponto da grande feira de gado que acontecia todos os sábados e segundas-feiras, reunindo os caboclos do sertão que negociavam os produtos nordestinos. Em 1976, quando Feira de Santana inaugurou seu novo entreposto comercial, o Centro de Abastecimento, o Mercado Municipal foi fechado. Em 1980, no governo do prefeito Colbert Martins da Silva, o Mercado Municipal sofreu uma reforma, mantendo a sua fachada arquitetônica, e foi transformado em espaço comercial e de cultura popular, de culinária colorida e saborosa, abrigando também um artesanato rico, ponto de encontro e apresentação de cordelistas e repentistas, além de outros produtos regionais e passou a se chamar Mercado de Arte Popular.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br