Importância cultural da capoeira é destacada em sessão solene na Câmara Municipal de Feira de Santana

José da Costa Correia Filho (Correia Zezito) e Cláudio Borges de Brito.

José da Costa Correia Filho (Correia Zezito) e Cláudio Borges de Brito.

Uma luta, uma dança, uma atividade esportiva, uma expressão cultural, uma ferramenta de transformação social. São várias as definições para a capoeira, esta atividade que se desenvolveu ao longo do tempo e que tem na batida do berimbau seu principal recurso. Para comemorar o Dia Municipal da Capoeira a Câmara Municipal de Feira de Santana realizou sessão solene na noite da quinta-feira (03/12/2015).

“O fato é que a capoeira já está inserida em nossa cultura e cada vez mais se fortalece”, observou o vereador José da Costa Correia Filho, Correia Zezito, autor do requerimento para realização da sessão em homenagem à data. Na saudação aos convidados, ele falou da importância dos capoeiristas de Feira de Santana. Correia Zezito falou ainda da história da capoeira no Brasil.

O presidente da Associação Ginga Menino, Claúdio Borges de Brito, conhecido como Mestre Paraná, palestrante da noite, contou a história de Mestre Bimba, lembrando o tempo em que a capoeira era ilegal e aqueles que a praticavam, perseguidos. “A história da capoeira é a nossa história”, disse Mestre Paraná, que recebeu uma placa alusiva à data das mãos do vereador Correia Zezito.

Além do palestrante, também usou a tribuna da Casa da Cidadania o Mestre de capoeira José Walter da Trindade Santos, Mestre Tinho, que também é guarda municipal e graduado em Serviço Social. Ele contou a história da atividade praticada pelos negros desde o século XVI, principalmente nos engenhos, como forma de proteção dos colonizadores. “Os negros aperfeiçoaram a capoeira, fazendo uma luta disfarçada de dança”, definiu.

A necessidade de fortalecimento da capoeira foi defendida pelo convidado, que lamentou a ausência da mídia em muitos eventos realizados nesse segmento, não somente em Feira de Santana, como em muitas outras partes do estado e do país. O presidente em exercício, Alberto Nery, por sua vez, sugeriu que no próximo ano haja maior mobilização para comemoração da data, tanto no Legislativo como em outros locais da cidade.

A mesa da solenidade foi composta pelo 2º vice-presidente da Câmara Municipal, vereador Alberto Nery, que conduziu os trabalhos; o secretário municipal de Cultura, Esporte e Lazer, Rafael Pinto Cordeiro, representando o prefeito José Ronaldo de Carvalho; o palestrante Mestre Paraná e o convidado Mestre Tinho.

Outras publicações

Neste final de semana ocorre a última apresentação do espetáculo “O Salone”, em Feira de Santana Espetáculo “O Salone” do grupo soteropolitano Nariz de Cogumelo é uma excelente opção cultural para este fim de semana em Feira de Santana. O espetá...
Feira de Santana: aberta inscrições para curso sobre o cançaço na Bahia Cartaz anuncia curso 'Cangaço na Bahia'. O Cangaço na Bahia é tema de curso que será desenvolvido em Feira de Santana, nos dias 12 e 13 de novembro ...
Salvador: espetáculo ‘O Corrupto’ é encenado no Teatro Módulo Cena do espetáculo 'O Corrupto'. O Teatro Módulo, na Pituba, volta a ser o palco do espetáculo solo “O Corrupto”, de Frank Menezes, com direção de M...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br