Impeachment: Deputado Arthur Maia afirma que presidente não tem mais condições de governar

Arthur Maia: “A presidente construiu, desde o primeiro dia de seu primeiro mandato, uma realidade política que levou o país à bancarrota.".

Arthur Maia: “A presidente construiu, desde o primeiro dia de seu primeiro mandato, uma realidade política que levou o país à bancarrota.”.

Para o líder do Solidariedade na Câmara, deputado federal Arthur Maia,o acolhimento, por parte do presidente da Câmara, Eduardo Cunha, do pedido de impeachment protocolado pela oposição contra  a presidente Dilma, é motivo de alegria mesmo sendo um momento de gravidade para o país. “Ela não tem mais condição de governar o país pois perdeu a confiança do povo brasileiro e desta casa legislativa”, ”, afirmou o parlamentar, primeiro líder de partido a usar a tribuna após o acolhimento do impeachment.

“A presidente construiu, desde o primeiro dia de seu primeiro mandato, uma realidade política que levou o país à bancarrota.Ela sempre pensou em sua reeleição ao fazer um governo populista e irresponsável,praticando crimes de responsabilidade, além de ter usado a máquina pública para sua campanha política”, acrescentou o deputado.

Segundo ele ninguém desejaria ter que fazer esse pedido de impeachment, nem os deputados nem os eleitores que não votaram na presidente, pelas condições econômicas que o  Brasil vive, mas a situação chegou ao limite. “O Brasil mergulhou na sua mais profunda crise política e social  e isso tem maltratado as famílias brasileiras com a volta da inflação e o desemprego”, disse.

Com a aceitação do pedido,um colegiado será composto por 66 titulares e 66 suplentes de todas as legendas, indicados conforme o tamanho de cada bancada. O prazo inicial para as indicações é de 48 horas. A comissão emitirá um parecer sobre a abertura efetiva ou não do processo de impedimento da presidente.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br