Governo da Bahia investe R$ 1,1 milhão na cadeia produtiva do leite

O investimento vai beneficiar 5.213 famílias em 18 municípios baianos.

O investimento vai beneficiar 5.213 famílias em 18 municípios baianos.

Com uma produção diária de 1.477 litros de leite bovino, o laticínio da Cooperativa Mista Agropecuária de Uibaí (Comagru), localizado na comunidade Caldeirão, município de Uibaí, ganhou reforço na manhã desta quinta-feira (03/12/2015). A assinatura do termo de adesão entre o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (Justiça Social), em parceria com o Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), aconteceu durante a VI Feira Baiana da Agricultura Familiar e Economia Solidária (Febafes), que integra a 28ª edição da Feira Nacional da Agropecuária (Fenagro).

O investimento na ordem de R$ 1,1 milhão vai beneficiar também os laticínios Faedo Nutrilatte, em Barreiras, que produz 2.512 litros diários, e o laticínio Campanella, em Palma de Monte Alto, com a produção de 1.224 litros. A produção dos três laticínios será destinada para 5.213 famílias, em 18 municípios da região.

De acordo com o secretário de Justiça Social, com a assinatura do termo de adesão, os pequenos produtores vivem um momento de celebração, mas é necessário que todos façam uma profunda reflexão sobre o atual contexto político do Brasil. “Há 20 anos, os pequenos produtores não tinham acesso às linhas de créditos para investirem na agricultura familiar, hoje podemos comemorar os avanços sociais, graças a um projeto político que vocês ajudaram a construir”.

O leite produzido pelos agricultores familiares é distribuído por meio do Programa de Aquisição de Alimentos para gestantes, nutrizes, povos e comunidades tradicionais, idosos, crianças de dois a sete anos matriculadas em creches e pré escolas e inscritas no CadÚnico. Para o presidente da Comagru, Sérgio Machado, “o investimento vai impulsionar ainda mais a produção de leite nos municípios de Central, Presidente Dutra e Uibaí, que garante a qualidade de vida e segurança alimentar das famílias na região”.

Participaram da cerimônia de assinatura, a superintendente de Inclusão e Segurança Alimentar da Secretaria de Justiça, Rose Pondé, o secretário de Desenvolvimento Rural, Jerônimo Rodrigues, representantes de associações, cooperativas e produtores rurais.

Sindileite

Uma reunião com o diretor do Sindicato das Indústrias de Laticínios do Estado da Bahia (SindiLeite), Robson Liger, também marcou a agenda do titular da secretaria de Justiça Social, na manhã desta quinta, durante a Fengaro. Na pauta, a garantia de pagamento aos produtores e indústrias que produzem leite na Bahia e comercializam por meio do PAA Alimentos, na modalidade PAA Leite. Das 86 entidades filiadas ao Sindileite, 12 fazem parte do PAA Alimentos. De acordo com Liger, “a garantia do recurso financeiro é fundamental para não permitir a interrupção da produção do leite, mesmo com a estiagem que os municípios já vêm enfrentando” .

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br