Feira de Santana: vereadores debatem atuação do diretor da 3º Ciretran Sílvio Dias

Ewerton Carneiro da Costa (Tom) faz denúncias contra 3º Ciretran.

Ewerton Carneiro da Costa (Tom) faz denúncias contra 3º Ciretran.

O vereador Ewerton Carneiro – Tom (PTN) usou a tribuna na manhã desta quarta-feira (09/12/2015), na Casa da Cidadania, para fazer denúncias em relação à 3ª Ciretran. Segundo o edil, os condutores de veículos apreendidos estão sendo impedidos de terem seus carros liberados por conta de frequentes quedas no sistema, e examinadores estão cobrando R$ 900,00 para que os candidatos sejam aprovados no exame de rua.

“Não posso me calar diante do que está acontecendo na 3ª Ciretran. Pedi ao diretor para resolver os problemas, que eu já havia sinalizado, mas nada foi feito. Primeiro, o sistema que libera os veículos apreendidos cai a todo o momento, impedindo que as pessoas retirem seus carros e motos. Fui informado de que o Governo do Estado tem o contrato de R$ 1.800.000,00 com os donos dos pátios. As pessoas passam por humilhações e são obrigadas a pagar, além do valor do cobrado pelo guincho, a diária do pátio. E essa queda não é culpa do servidor que trabalha com o sistema”, disse Tom.

E completou a denúncia. “O diretor precisa tirar dos cargos estes funcionários de Salvador. Feira de Santana tem pessoas competentes para realizar exames de ruas. E também fui informado de que estes examinadores estão cobrando R$ 900,00 para aprovar as pessoas no exame. Eles fazem pressão para que elas percam e depois cobram para aprová-las. Estão dizendo para eu ter cuidado ao fazer estas denúncias, mas digo que ando coberto: primeiro pelas armaduras do Senhor e segundo pela minha experiência de vida”, pontuou.

Para o edil, as cabeças pensantes do PT estão sendo, aos poucos, condenados por roubo e que não pode permitir que esta situação chegue a Feira de Santana. “Quem lutou contra a ditatura estão dominando o país hoje e sendo presas por má administração. E a fonte desta informação não sou eu, a fonte é o Supremo Tribunal Federal. O que não posso aceitar é que isto chegue a Feira de Santana. Estão preocupados em acabar com o BRT, anular o trabalho de quem quer trabalhar por Feira e não cuida do que é responsabilidade do Estado. As denúncias estão chegando”, disse.

Tom garantiu que todas as denúncias que faz são verídicas. “Sempre uso esta tribuna para fazer denúncias com fundamentos. As pessoas estão com medo de me trazer documentos que provam que pagaram para passar no exame de rua, mas vou conseguir, porque não vou me calar diante dessa situação. Arrume a Casa, diretor da 3ª Ciretran”, findou.

“Ele tem todo o respaldo que um ser humano pode ter”, diz Roque sobre Sílvio Dias

Após ouvir o discurso do vereador Ewerton Carneiro – Tom (PTN), que tratou sobre denúncias de irregularidades na 3ª Ciretran e cobrou do coordenador daquele órgão providências para os fatos, o edil Roque Pereira (DEM) fez a defesa de Sílvio Dias, ressaltando sua integridade moral.

“Conheço Sílvio Dias há muito tempo, todo o seu histórico e, por isso, quero fazer um contraponto em relação ao que foi colocado aqui pelo vereador Tom. Sílvio tem todo o respeito e respaldo que um ser humano pode ter: uma carreira brilhante na Polícia Rodoviária Federal, inspetor e, por duas vezes, coordenador da 3ª Ciretran. Semana passada tive a oportunidade de conversar com ele sobre o órgão e ele me garantiu que a 3ª Ciretran está bem melhor que quando assumiu a primeira vez e que fará o possível para ajudar o que precisa”, disse Roque.

Em aparte, o líder do Governo na Casa, vereador José Carneiro Rocha (PSL), seguiu a mesma linha de Roque. “Faço minhas as palavras de Roque. Sílvio é atencioso e trata bem todas as pessoas. Se não está fazendo o melhor é porque não está ao seu alcance, pois ele é altamente competente”, pontuou.

Em seguida, Tom rebateu as colocações de Roque. “Entendo que esteja fazendo a defesa de uma pessoa do PT, que faz oposição a Zé Ronaldo. Mas, lembro que em nenhum momento falei da pessoa de Sílvio Dias. Disse que não posso aceitar que ele, como diretor do órgão, permita que pessoas de Salvador assumam cargos em Feira, cobrem R$ 900,00 para que os candidatos sejam aprovados no exame de rua e que o sistema fique caindo toda hora no momento em que os condutores queiram que seus veículos sejam liberados”, reafirmou.

Ele disse que espera até segunda-feira (14) para que estes problemas sejam sanados. “Não falei da idoneidade de Sílvio, mas ele enquanto diretor tem que se virar para resolver. Falo sobre isso há tempos e se até segunda-feira não tiver resolvido, eu volto a esta tribuna, porque quem está sofrendo com tudo isso é meu povo”, prometeu.

De volta com a palavra Roque Pereira afirmou que Tom deve levar as denúncias para o diretor geral do Detran, Maurício Bacelar. “Vossa Excelência, que está no PTN, ligado ao Governo do Estado, tem mais moral para falar com Maurício Bacelar. Peça a ele que tome providencia”, sugeriu.

Num pedido de aparte, o edil Correia Zezito (PTB) lembrou que o colega Tom, por várias vezes, levou à tribuna os problemas existentes na 3ª Ciretran. “Peço aos colegas do PT que apertem o deputado Zé Neto. Será que Feira de Santana não têm pessoas competentes para assumir cargos deste órgão? Será que as pessoas têm que ficar a mercê de pagar R$ 900,00 para serem aprovados no exame de rua? Sílvio, eu acredito em você, vá lá no local onde são realizados esses exames e veja as filmagens, porque isso é uma vergonha”, disse.

Retomando o discurso, Roque afirmou que os feirenses têm culpa quando tratam o deputado Zé Neto (PT) como governador paralelo. “Ele é líder do Governo na Assembleia, e não governador. É preciso cobrar do responsável do órgão, mas tenho certeza que Sílvio fará sua parte”, pontuou.

Já Edvaldo Lima (PP) afirmou que não ouviu dos vereadores da base governista uma cobrança em relação às denúncias e desmanches de veículos por parte da SMT nem sobre as 50 mil multas. “Coloquem também esta questão aqui na tribuna para o debate”. Em resposta, Roque lembrou que o assunto foi cobrado na Casa da Cidadania, inclusive com a presença do superintendente de Trânsito, Francisco Júnior.

Outras publicações

Percussionistas feirenses ensaiam com mestre do Olodum, no clube Ali Babá Os 100 percussionistas feirenses que vão se apresentar no Espaço Quilombola com o Olodum, na Micareta de Feira de Santana, farão ensaio na tarde desta...
Feira de Santana realiza a primeira festa beneficente em apoio ao Lar do Irmão Velho O objetivo dessa festa (Festa Beneficente do Camarote DJ Symba 2011) é ajudar a instituição de caridade o Lar do Irmão Velho. Nesta festa teremos a at...
Em Feira de Santana, o vereador da oposição Roberto Tourinho analisa a proposta de abono salarial e condição das escolas públicas Roberto Tourinho – Na realidade esse turnão foi uma grande trapalhada deste governo municipal que ai está. Aliás, o grupo Os Trapalhões perdeu grande...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br