Feira de Santana – Natal Encantado 2015: divas homenageiam ídolos da era do rádio; quarteto sanfônico apresenta show

Cantoras feirenses emocionaram o público.

Cantoras feirenses emocionaram o público.

Quarteto Sanfônico animou o público na Praça Padre Ovídio.

Quarteto Sanfônico animou o público na Praça Padre Ovídio.

A ideia era homenagear os ídolos da Era de Ouro do rádio nacional, nos anos 40 e 50. Mas quando se canta Lupicínio Rodrigues, Maysa, Ângela Maria, tem como não sentir uma incômoda dor de cotovelo, hoje atualizada por sofrência – mesmo que as duas maneiras de passar a mensagem estejam anos luz uma da outra. Cris Mel, Juliana, Anna Castelo, Kamila e Sara Reis cantaram, com peculiar talento, acima de tudo, o amor. Eles protagonizaram um dos mais belos espetáculos do Natal Encantado. As Divas da música feirense se apresentaram na noite de terça-feira (22/12/2015).

E não foi apenas o amor não correspondido que elas apresentaram. As suas belas vozes foram usadas para apresentar versões atualizadas de “Gente humilde”, “Que será”, “Nega manhosa”, “Chega de saudade” – sim, elas deram um passeio pela Bossa Nova. Para se despedir do público – que parecia não querer deixar a praça Padre Ovídio, todas cantaram “Bandeira branca”, cantada por Dalva de Oliveira e que, dizem, tinha destino certo o cantor Herivelto Martins, com quem foi casada e viveu uma relação das mais tumultuadas.

Outro destaque do grupo foi o figurino: todas foram à altura dos homenageados. Foi a terceira apresentação do projeto Divas. E sempre com uma nova formação – as cantoras Paula Sanfer e Carol Pereyr já estiveram no grupo. A rotatividade, explica o diretor artístico do grupo, Paulo Bindá, é uma necessidade para que cada vez mais cantoras locais se tornem conhecida pelo público. “E existe palcos melhores para que um cantor ou cantora feirense se apresente do que os oferecidos p

Ao som das sanfonas praça quase vira um grande arraiá

A proposta não é essa. Mas a noite do Natal Encantado foi parecida com um arraiá urbano, com a apresentação do Quarteto Sanfônico, grupo formado por Zé Araújo, Nenem do Acordeon, Marciano e Rogério Ferrer. Abriram o espetáculo com “Lamento sertanejo”, canção imortalizada por Gilberto Gil e Dominguinhos. Ao longo do espetáculo mostraram talento para quase botar a sanfona para falar – ou chorar, como afirmam alguns – e um repertório versátil.

Cada um deles apresentou três músicas individualmente e outras em conjunto. Rogério Ferrer tocou “Caminhos do sol”, que ficou mundialmente conhecida na voz de Agostinho dos Santos; Zé Araújo tascou “I just call to say I love you”, de Steve Wonder; Nenem emocionou a todos com uma valsa e Marciano tocou “11 de abril”.

Em conjunto eles apresentaram “Feira de mangaio”, de do sanfoneiro Sivuca, um dos hinos da música sertaneja. Na despedida, além de uma natalina, apresentaram “Asa branca”, prêmio para o público que não se segurou na cadeira e alguns casais deram alguns passos de forró. “Juntos ou individualmente, todos mostraram um grande talento e que a cidade tem bons sanfoneiros”, afirmou Carlinda Pontes, que, afirmou, não perdeu nenhum espetáculo desta terceira edição do Natal Encantado.

O diretor do Departamento de Eventos da Prefeitura de Feira de Santana, Naron Vasconcelos afirmou que o projeto Quarteto Sanfônico já nasceu vitorioso por juntar em m mesmo palco grandes nomes da música feirense. “Todos mostraram talento e versatilidade”.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br