Espetáculos da Earte tem montagem de figurino personalizado

Ivoilma Cruz é responsável pelo design dos figurinos dos espetáculos da Earte.

Ivoilma Cruz é responsável pelo design dos figurinos dos espetáculos da Earte.

Sempre inovando em seus espetáculos, a Earte, realiza pesquisas meses antes de iniciarem  a montagem de suas apresentações, e um dos setores que funcionam a todo vapor é o dos figurinos. Complemento na coreografia, o figurino é peça fundamental nos espetáculos, pois dá o tom e mostra rapidamente qual estilo de dança e personagem é. Muitos outros elementos e significados estão envolvidos em seu processo de concepção

“Cada figurino carrega a função de transparecer sentimentos e valores, por meio da interpretação de suas cores, formas e texturas. Tudo é feito com muito amor, pesquisas, viagens e dedicação”, revela Ivoilma Cruz, que está à frente da produção dos figurinos dos espetáculos de dança da Earte, Cinderella e Tean Beach Movie, que acontecem de 15 a 18 de dezembro no Centro de Cultura Amélio Amorim.

A figurinista, Ivoilma Cruz, pensa em todos os figurinos, buscando ser fiel a montagem original e inovando no uso dos acessórios que dão tom diferenciado as fantasias. Após as pesquisas tudo é desenhado, e então começa- se a verificar o material utilizado em cada fantasia, para dar beleza, conforto e mobilidade aos bailarinos. As fantasias são feitas com a ajuda de costureiras, mas os bordados, colagem e acabamentos são feitos individualmente pela figurinista.

No olhar do espectador, acontece a identificação do simbolismo apresentado no conjunto das peças de roupas associado aos elementos cênicos, assim, é preciso traduzir em forma de tecidos e acessórios o perfil do personagem e a atmosfera da peça. Na confecção das fantasias muitas coisas são levadas em consideração, da iluminação, espaço do palco a ser utilizado, o conceito por trás do roteiro e a forma física dos bailarinos.

Para o espetáculo Tean Beach Movie estão sendo usadas malhas, tecidos leves e coloridos que auxiliam na movimentação da dança que é o street dance e o jazz, essa que faz uso de movimentos rápidos, acrobáticos e enérgicos.

Já para o Cinderella, que tem movimentos mais suaves do ballet clássico, trazendo a beleza e o encantamento do mundo das princesas, são utilizadas plumas, brilhos, tecidos que deixam o figurino mais armados e ao mesmo tempo, leves que trazem a graciosidade e o conforto necessário para os bailarinos.

Outras publicações

Governador Rui Costa visita fábrica em Feira de Santana e propõe parceria para educação Governador Rui Costa visita fábrica da Placo em Feira de Santana. Durante a visita, Rui falou sobre a responsabilidade social necessária à iniciativ...
Prefeitura de Feira de Santana tem contas aprovadas com ressalvas Prefeitura de Feira de Santana tem contas aprovadas com ressalvas. O Tribunal de Contas dos Municípios, nesta quarta-feira (17/12/2014), aprovou com...
Revista conta 70 anos de história da Associação Comercial de Feira de Santana Capa da revista sobre os 70 anos de história da Associação Comercial de Feira de Santana. Publicação foi lançada na festa comemorativa dos 70 ano...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br