Escola de Ballet do teatro Castro Alves apresenta em Feira de Santana espetáculo Cinderela

Apresentação da Escola de Ballet do teatro Castro Alves.

Apresentação da Escola de Ballet do teatro Castro Alves.

Apresentação da Escola de Ballet do teatro Castro Alves.

Apresentação da Escola de Ballet do teatro Castro Alves.

A escola de Ballet do Teatro Castro Alves, a EBATECA trouxe para Feira de Santana, neste final de semana (12 e 13 de dezembro de 2015), através da sua filial na cidade, o espetáculo musical com o tema Cinderela. Em um universo repleto de encantamento e emoção, mais de 120 alunos da EBATECA subiram ao palco do Teatro Amélio Amorim para apresentação de um dos mais populares contos de fadas da história.

Sendo a primeira escola de ballet do norte-nordeste, a EBATECA inaugurou e adotou o método da Royal Academy of Dance of London em nosso País que, aliado a sua linha de trabalho, prepara bailarinos, professores, coreógrafos e artistas para as diversas atividades ligadas à dança.

A professora e responsável pela escola EBATECA na cidade, Isabel Veloso falou da escolha do tema para realização do espetáculo de fim de ano.

“É o primeiro ano da Ebateca em Feira de Santana e por isso escolhemos como tema esse clássico da Disney tão encantador, tanto para crianças quanto para adultos. Estamos muito felizes com o resultado”, afirma.

Ela ainda explica que “a metodologia de ensino utilizado pela escola, é  baseada em um conjunto de técnicas sempre atualizadas de sucesso e eficiência comprovada, buscando antes de tudo desenvolver o senso de realização, satisfação e disciplina dos seus alunos para que se tornem adultos confiantes e felizes”.

A professora e diretora da Ebateca em Feira, Indaiara Figueredo agradeceu a presença de todos os presentes e salientou a importância da colaboração e dedicação de toda a equipe para a realização do espetáculo.

“Nos dedicamos muito desde o segundo semestre de 2015, realizando estudo de roteiro, divisão de personagens, cenografia, figurino e parte técnica, tudo para proporcionar esses dois dias de muita magia, no qual diversos bailarinos de todas as idades, iniciantes e até profissionais dividiram o palco para a realização desse espetáculo, e assim o público pôde relembrar a história desse musical inesquecível que marcou gerações com a linda história de Cinderela”, finalizou.

A EBATECA

Instalada no subsolo do Teatro Castro Alves, nasceu em 8 de Agosto de 1962, mediante a primeira escola de Ballet Clássico da Bahia – EBATECA (Escola de Ballet do Teatro Castro Alves). A escola foi fundada por Maria Augusta Mongenroth, Aída Maria Ribeiro e Maria Silva, que juntas implementaram pela primeira vez na América do Sul o método de ensino da Royal Academy of Dancing de Londres (O método RAD).

A Royal Academy of Dance of London (RAD) é uma organização britânica de ensino e avaliações internacionais, incorporadas ao Benesh Institute, que tem como objetivo desenvolver o mais alto nível de qualificação e aprendizagem do ensino de Ballet Clássico.  De acordo com o nível cursado, os alunos de ballet prestam exames anuais, avaliados por examinadores de diversas partes do mundo, licenciados pela RAD, recebendo assim graduação internacional.   Paralelo ao método da RAD, a EBATECA tem uma metodologia baseada em um conjunto de técnicas sempre atualizadas de sucesso e eficiência comprovada, buscando antes de tudo desenvolver o senso de realização, satisfação e disciplina dos seus alunos para que se tornem adultos confiantes e felizes.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br