Deputado Valmir Assunção cobra da Câmara Federal posição sobre prisão de jovens manifestantes

 Deputado Valmir Assunção cobra da Câmara Federal posição sobre prisão de jovens manifestantes.

Deputado Valmir Assunção cobra da Câmara Federal posição sobre prisão de jovens manifestantes.

O protesto de jovens contra o crime ambiental em Minas Gerais virou caso de prisão, em Brasília. Na tarde da última quarta (25/11/2015), a segurança da Câmara Federal conduziu quatro pessoas para averiguação, onde o deputado federal Valmir Assunção (PT-BA) esteve para saber do que os jovens, membros do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), estavam sendo acusados.

“Todo o Brasil sabe do crime ambiental que aconteceu em Minas Gerais, que a Vale do Rio Doce, empresa responsável, causou naquele estado, precisamente na cidade de Mariana. Esses jovens fizeram um protesto diante de tamanha indignação. E a surpresa é que a segurança desta Casa pegou essas pessoas e levou para uma sala, eu estive lá, e os seguranças falaram que só iriam ouvir e que em seguida liberariam os manifestantes, o que não aconteceu”, informa Assunção.

O deputado federal se diz surpreso com o desenrolar dos fatos. Valmir afirma que foi procurado por volta das oito horas da noite da quarta (25), quando ficou sabendo que a segurança levou os jovens para a Polícia Civil, onde foram presos. “Por determinação não sei de quem, os seguranças pegaram os jovens e levaram para a Polícia Civil e eles estão presos porque vieram denunciar o crime ambiental cometido em Minas. A presidência dessa Casa deve tomar uma atitude imediata, não podemos aceitar isso. Jovens não devem ficar presos por protestarem”.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br