Deputado estadual Hildécio Meireles crítica política econômica do país e pede que presidente Dilma Rousseff mude forma de pensar

Deputado estadual Hildécio Meireles crítica política econômica do país.

Deputado estadual Hildécio Meireles crítica política econômica do país.

O deputado estadual Hildécio Meireles, em discurso realizado na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), na tarde dessa segunda-feira (21/12/2015), se mostrou bastante preocupado com as ações do Governo Federal em relação aos encaminhamentos da política econômica do país. Ao relembrar da declaração do ministro chefe da Casa Civil, Jaques Wagner de que a grande responsável pela política econômica no país é presidente Dilma Rousseff, Hildécio Meireles destacou que resta agora “pedir a Deus”, que a troca do ministro da Fazenda Joaquim Levy, que conforme ele, foi bastante paciente, por Nelson Barbosa mude a forma de pensar da chefe da nação e, consequentemente, a crise que o Brasil atravessa.

Conforme o deputado, não precisa ir muito longe. “A agência de classificação de risco Fitch rebaixou a nota do Brasil e tirou o grau de investimento do país. A nota da dívida de longo prazo do país em moeda estrangeira foi reduzida de BBB- para BB+, o primeiro degrau do que é considerado grau especulativo. A agência também colocou a nota do país em perspectiva negativa, indicando que ela pode voltar a ser rebaixada. E esse rebaixamento veio logo em seguida ao governo propor a redução da meta de superávit primário de 2016 para 0,5% do PIB. O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, defendia uma meta de 0,7%”, pontuou.

Por fim, o peemedebista frisou que: “infelizmente, em nosso país tem acontecido coisas que nos deixam estarrecidos. Torço para que a presidente se recupere, que o nosso país se recupere e tenhamos um 2016 muito melhor”.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br