Deputado cobra aprofundamento das investigações que levaram à prisão do vereador do Democratas de Camaçari Elinaldo Araújo

O vereador Elinaldo Araújo (DEM) poi preso quando se encontrava na Câmara Municipal de Camaçari.

O vereador Elinaldo Araújo (DEM) poi preso quando se encontrava na Câmara Municipal de Camaçari.

O deputado estadual Bira Coroa (PT) defende que o Ministério Público aprofunde as investigações com relação ao vereador Antônio Elinaldo Araújo da Silva (DEM), de Camaçari. Ele foi preso na quinta-feira (10/12/2015) no âmbito da Operação Caronte e, liberado através de habeas corpus, na sexta-feira (11).

O deputado reclamou das “manobras” do DEM de tentar transformar a prisão em um fato político. “Houve uma apuração prévia e a prisão foi decretada baseada em informações levantadas pelo MP. O fato de ele ser pré-candidato à prefeito da cidade não tem nenhuma relação com as ações paralelas que desenvolve”. Elinaldo, detido durante sessão na Câmara dos Vereadores, e os outros presos são acusados de lavagem de dinheiro, sonegação fiscal e organização criminosa.

O deputado concordou integralmente com a nota pública divulgada pelo PT municipal, presidido pelo vereador e também presidente da Câmara, José Marcelino. Na nota, o partido defende o aprofundamento das investigações e reconhece o papel importante do Ministério Público baiano. “Dizer que a prisão do vereador Elinaldo foi armação, como o DEM irresponsavelmente tem feito, é tentar destruir a reputação do Poder Judiciário”, reforça o deputado, citando a nota.

“O PT de Camaçari e de todo o Estado parabeniza a Justiça e pede que a apuração tenha continuidade, apesar da pressão exercida pelo DEM. Nossa posição é também de interpelar judicialmente o presidente Helder Almeida. As investigações duraram mais de um ano, como podem achar que se trata de um fato político?”.  O deputado cita ainda a nota pública: “Nunca, na história de Camaçari, um vereador foi preso na Câmara Municipal. Lamentamos fortemente que o DEM tenha colocado agora, com a prisão de Elinaldo, essa triste mancha na instituição”.

Elinaldo Araújo poi preso quando se encontrava na Câmara Municipal de Camaçari 

O vereador e pré-candidado à Prefeitura de Camaçari, Região Metropolitana de Salvador, Elinaldo Araújo (DEM), foi liberado da Cadeia Pública no início da tarde de sexta-feira (11). Ele foi preso na tarde de quinta-feira na “Operação Caronte”, deflagrada para cumprir mandados de prisão preventiva contra suspeitos envolvidos com enriquecimento ilícito, lavagem de dinheiro, organização criminosa e exploração do comércio ilícito do jogo do bicho.

Segundo o Portal R7, a Secretaria de Administração Penitenciária da Bahia (Seap) disse que o edil foi liberado por volta das 12:20 horas, através de habeas corpus. A secretaria não confirmou se Pedro de Souza Filho, preso na mesma operação, também foi liberado. Cristiano Araújo da Silva e Ivan Pedro Moreira de Souza continuam sendo procurados.

O Portal R7 informa que a organização, segundo a polícia, movimentou a quantia de R$ 5 milhões, sem que houvesse a comprovação de uma fonte legal. As análises técnicas das quebras de sigilos bancários e fiscal foram realizadas pelo Laboratório de Lavagem de Dinheiro, da Secretaria da Segurança Pública (SSP).

Na reportagem, o Portal R7 destaca que os quatro e mais Ivana Paula Pereira de Souza da Silva, mulher de Antônio Elinaldo, são investigados desde 2014, quando o Ministério Público recebeu informações da existência de uma organização criminosa que enriquecia com o comércio ilícito do ‘jogo do bicho’, na cidade de Camaçari. A organização, que já atuava há 28 anos na cidade, tinha até um nome: “Pinta”.

Outras publicações

Ex-prefeito Luiz Caetano se reúne com imprensa de Camaçari e defende ações da atual administração Luiz Caetano se reúne com imprensa de Camaçari. Na manhã desta quarta-feira (26/03/2014), Luiz Caetano participou de um encontro com profissionais d...
BA 529 que liga Monte Gordo a Jacuípe passará por intervenção Técnicos da Seinfra discutem investimento na BA 529. Atendendo a uma demanda de comunidades da Orla de Camaçari, nesta sexta-feira, foi confirmada...
Deputado Luiz Caetano já foi condenado 34 vezes pelo Tribunal de Contas, afirma vereador Antonio Elinaldo diz que o deputado Luiz Caetano já foi condenado 34 vezes pelo Tribunal de Contas. A bancada de oposição na Câmara Municipal de Cam...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br