Banco do Brasil libera segunda parcela de empréstimo para a Bahia no valor de R$ 562 milhões

Senadores baianos, Lídice da Mata, Otto Alencar e Walter Pinheiro comemoram liberação dos recursos.

Senadores baianos, Lídice da Mata, Otto Alencar e Walter Pinheiro comemoram liberação dos recursos.

Após a cobrança da bancada baiana no Senado, o Banco do Brasil liberou, ontem (03/12/2015), para o Estado da Bahia, o valor de R$ 562.740, referente à segunda parcela de uma operação de crédito realizada no ano de 2013. A ação dos senadores Walter Pinheiro (PT), Otto Alencar (PSD) e Lídice da Mata (PSB) havia sido solicitada pelo governador Rui Costa.

A liberação do recurso foi comemorada por Pinheiro, que na última semana cobrou com veemência, ao ministro da Fazenda, Joaquim Levy, a realização da operação de crédito: “Então, nós não estamos fazendo aqui nenhum pedido nem favor ao Governo. Nós estamos pedindo que o Governo cumpra a sua obrigação, de repassar aquilo inclusive que não lhe compete do ponto de vista dos recursos”.

No plenário, o senador lembrou o que havia dito a Levy, numa conversa por telefone quando o mesmo se encontrava nos EUA. “Ministro, não quero crer que haja nenhuma perseguição à Bahia nem nada deliberado”, informou.

A primeira parcela da operação de crédito do Governo da Bahia junto ao Banco do Brasil, no valor de R$ 560 milhões já havia sido liberada em dezembro de 2013. Pinheiro acompanhou os trâmites da transação que envolve recursos totais da ordem de R$ 1,12 bilhão.

Segundo o senador, os recursos vão ampliar os investimentos na área de Segurança Pública, Saúde, Infraestrutura, Mobilidade, Ciência e Tecnologia. Na noite de ontem, Pinheiro recebeu do Ministério da Fazenda os documentos que comprovam a liberação do recurso, já disponível para a Bahia.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br