Voo direto entre Belo Horizonte e Lençóis agrada mineiro

Lençóis, Chapada Diamantina.

Lençóis, Chapada Diamantina.

Sair de Belo Horizonte, capital de Minas Gerais, e chegar a Lençóis, cidade turística da Chapada Diamantina, agora é possível em apenas duas horas, com as passagens de ida e volta por R$ 350, sem escala em Salvador. A nova rota da Azul Linhas Aéreas, inaugurado no último dia 5 com dois voos, nas quintas-feiras e aos domingos, agradou ao engenheiro Rodrigo Oliveira, 35 anos. “Se não houvesse esse voo direto, é provável que eu tivesse ido a outro lugar. Eu estava procurando um destino relativamente perto e barato para passar as férias”.

Rodrigo disse que vir para a Bahia foi muito fácil e confortável. “Eu tinha ouvido amigos dizerem que a Chapada Diamantina é uma região muito interessante. Então procurei na internet sobre agências de viagem e acabei encontrando um pacote completo, com preço muito interessante, e fechei tanto os passeios quanto a pousada. A região tem infraestrutura completa, e o pacote inclui traslado entre o aeroporto e a hospedagem”, garantiu.

O turista mineiro, que afirma ser amante da fotografia, disse que a Chapada Diamantina não decepcionou. “A população de Minas Gerais gosta muito de ecoturismo, viajar por lugares onde há trilhas e cachoeiras. Embora haja semelhanças, as regiões são completamente diferentes, as cachoeiras são diferentes, há muitas novidades. É uma viagem que compensa. Foi a melhor escolha ter vindo para cá”.

Redução do ICMS

Ainda como parte do reforço de suas operações na Bahia, a Azul está comercializando passagens para a nova rota, entre Barreiras e Confins, por meio de todos os seus canais de venda. Além disso, em novembro, os clientes de Lençóis e Barreiras já podem conectar-se a Orlando, nos Estados Unidos, com apenas uma parada em Confins.

De acordo com o secretário de Infraesturura, Marcus Cavalcanti, o Governo do Estado tem um plano de incentivo para a aviação regional, por meio da redução do ICMS na compra do querosene de aviação, e também está investindo na recuperação dos aeroportos regionais, com o objetivo de atrair voos para o interior da Bahia, o que possibilitou a implantação da linha Lençóis/Confins.

“A parceria envolve também as secretarias do Turismo e da Fazenda. Juntos, analisamos a malha aeroviária do estado, provocamos as empresas para o aumento do número de voos ou da oferta de assentos para os diversos destinos turísticos”, informou o secretário. A redução do ICMS na compra do querosene de aviação, que corresponde a até 45% do custo operacional, é de 17% para até 6%. “Com o aumento do consumo por parte das empresas, nós compensamos a redução do imposto, não havendo dessa forma perda de arrecadação para o Estado”.

Outras publicações

Aprovadas com ressalvas contas das prefeituras de Lençóis, Morro do Chapéu e Xique-Xique O Tribunal de Contas dos Municípios, em sessão realizada nesta terça-feira (14/09/2010), aprovou com ressalvas as contas das prefeituras de Lençóis, M...
Festival do B.E.M leva música e cultura para Lençóis na Semana Santa 2014 Lençóis na Chapada Diamantina. (Foto: Carlos Augusto | Jornal Grande Bahia) O município de Lençóis (409 km de Salvador), principal destino da Chapad...
Lançamento da edição 2016 do Programa Bahia Sem Fogo ocorre durante 18º Festival de Lençóis Corpo de Bombeiros Militar da Bahia durante treinamento de combate a incêndios. A fim de fortalecer e promover novas ações de combate aos incêndios ...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br