Senado mantém prisão de Delcídio do Amaral

Plenário do Senado durante sessão deliberativa extraordinária destinada à votação sobre a prisão do senador Delcídio do Amaral.

Plenário do Senado durante sessão deliberativa extraordinária destinada à votação sobre a prisão do senador Delcídio do Amaral.

Por 53 votos a favor, 13 contra e uma abstenção, o Plenário do Senado decidiu na noite desta quarta-feira (25/11/2015) o atender o pedido do Supremo Tribunal Federal (STF) de prisão do senador Delcídio do Amaral (PT-MS).

Delcídio foi detido na Superintendência da Polícia Federal em Brasília na manhã desta quarta sob a acusação de ter agido para obstruir a ação da Justiça relacionada com a operação Lava Jato.

Gabinete divulga nota oficial sobre prisão do senador Delcídio do Amaral

O gabinete do senador Delcídio do Amaral (PT-MS), líder do governo no Senado, divulgou na tarde desta quarta-feira (25) nota sobre a prisão do parlamentar, ocorrida nesta manhã, acusado pelo Ministério Público Federal de tentar atrapalhar as investigações da Operação Lava Jato.

Segue a íntegra da nota:

A defesa do Senador Delcídio do Amaral manifesta inconformismo em relação à decisão da Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal e a convicção de que o entendimento inicial será revisto. Questiona-se o fato de que as imputações tenham partido de um delator já condenado, que há muito tempo vem tentando obter favores legais com o oferecimento de informações. Questiona-se também a imposição de prisão a um Senador da República que sequer possui acusação formal contra si. A Constituição Federal não autoriza prisão processual de detentor de mandato parlamentar e há de ser respeitada como esteio do Estado Democrático de Direito.

Maurício Silva Leite, advogado do Senador Delcídio do Amaral

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br