Pesquisadora Lúcia Mercês de Avelar realiza palestra magna na 4ª Conferência Estadual de Políticas para as Mulheres da Bahia

4ª Conferência Estadual de Políticas para as Mulheres da Bahia (CEPM).

4ª Conferência Estadual de Políticas para as Mulheres da Bahia (CEPM).

A 4ª Conferência Estadual de Políticas para as Mulheres da Bahia (CEPM) acontecerá nos próximos dias 11, 12 e 13 de novembro de 2015, no Gran Hotel Stella Maris, em Salvador, e terá Palestra Magna com a pesquisadora Lúcia Mercês de Avelar.

A solenidade de abertura será aberta ao público, na quarta-feira (11), às 18h, na Sala Salvador I. Diversas autoridades estarão presentes para o ato, que contará com uma apresentação cultural.

A Palestra Magna acontecerá no segundo dia, quinta-feira (12), às 08h30, na Sala Salvador I, com a pesquisadora Lúcia Mercês de Avelar. Ela tem Doutorado em Ciências Políticas e estágio de Pós-Doutorado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ), realizado no Department of Political Scienc, da Yale University, nos Estados Unidos. É pesquisadora do Centro de Opinião Pública da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), e desde 2012 é a pesquisadora principal do projeto temático “50 anos de feminismo: Brasil, Argentina e Chile”, no Departamento de Sociologia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (USP).

A Secretária de Políticas para as Mulheres da Bahia, Olívia Santana, ressaltou a importância do trabalho desenvolvido pela pesquisadora Lúcia Mercês de Avelar: “Sua pesquisa trata dos motivos pelos quais as mulheres não se elegem. Levanta dados e informações que permitem a compreensão dos mecanismos de exclusão das mulheres das esferas de poder. É importante ter esse diagnóstico e o retrato da organização das estruturas, para que possamos pensar melhor as estratégias, derrubando as barreiras e garantindo o empoderamento das mulheres”.

A Secretária também comentou a expectativa da 4ª CEPM: “A Conferência é o espaço para o debate aberto e a apresentação de ideias de diferentes mulheres e dos diversos territórios baianos. Aponta caminhos e contribui para o avanço das mulheres nos espaços de poder, que é o tema central”.

Olívia Santana explicou também que é nesta arena de discussões, que as mulheres baianas saem com voz mais fortalecida, e voltam para seus municípios em situação mais afirmativa e com maior capacidade de intervir na sua realidade social. Além disto, é o momento da Secretaria recepcionar as propostas apresentadas, estabelecendo políticas públicas sintonizadas com os principais anseios das mulheres baianas. “Isso é parte da democracia: pensar as políticas públicas sempre ouvindo quem sofrerá o impacto delas”, concluiu a gestora.

No segundo dia também será realizado o lançamento da revista Bahia Análise e Dados, da Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), com edição sobre “Mulheres e Trabalho: Autonomia e Empoderamento”, realizada através de uma parceria da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Bahia (SPM-BA) e da Secretaria de Planejamento da Bahia.

Para os interessados em acompanhar a CEPM, haverá uma transmissão ao vivo da Palestra Magna, realizada pelo Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia (IRDEB), no portal multimídia da instituição, através do seguinte link – http://www.irdeb.ba.gov.br/ .

A CEPM, cujo tema será “Mais direitos, participação e poder para as mulheres”, é uma realização da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Bahia (SPM-BA) e do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Mulher (CDDM).

Outras publicações

Patrimônio Cultural e Turismo será tema de videoconferência Dia 13 de setembro de 2015 o público poderá participar de debate que conta com a participação dos secretários de cultura e turismo de Paraty e Cachoei...
MPF Bahia: doleiros baianos são denunciados por evasão de divisas Cerca de US$ 4,4 milhões foram transferidos para os Estados Unidos entre outubro e dezembro de 2000. Para mascarar o esquema criminoso, os réus mantin...
Baianas do acarajé, símbolo cultural contribui para a economia do estado Baiana do acarajé é um dos símbolos culturais que representam o estado da Bahia. Uma vestimenta que chama a atenção pela beleza e riqueza de detalhe...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br