OAB Bahia – Eleições 2015: “pesquisa ilegal divulgada pela chapa Mais OAB tenta manipular processo eleitoral”, afirma campanha de Carlos Rátis

Carlos Rátis critica divulgação de pesquisa.

Carlos Rátis critica divulgação de pesquisa.

A chapa Coragem para Renovar 77, encabeçada por Carlos Rátis, classificou como “ilegal e defasada” a pesquisa divulgada, nesta terça-feira (10/11/2015), pela chapa Mais OAB (liderada pelo atual presidente da OAB-BA e candidato à reeleição, Luiz Viana), que mostra a suposta liderança de Viana nas intenções de voto dos advogados baianos. “A pesquisa foi contratada pela chapa que está tentando manipular o processo eleitoral. Isso é um absurdo. Falta transparência até mesmo no período de campanha, não apenas na prestação de contas da atual gestão da OAB-BA”, destacou o advogado eleitoralista da chapa 77, Manoel Guimarães Nunes.

Ainda segundo Guimarães Nunes, a pesquisa não foi registrada previamente na Comissão Eleitoral, como atesta o site da mesma, desrespeitando um requisito obrigatório embasado pelo Provimento 146/2011, art. 12 inciso V, que rege as eleições na Ordem. “Além disso, faltam na pesquisa informações obrigatórias como o nome do estatístico responsável, a metodologia utilizada, a amostragem, o nome de quem encomendou o estudo. Nada disso é possível se verificar porque não há registro algum”, ressaltou.

A pesquisa foi divulgada 15 dias antes das eleições da Ordem, no último dia permitido para a publicação de levantamentos sobre intenções de voto. Os advogados baianos escolherão o próximo presidente da seccional baiana no dia 25 de novembro.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br