Legalização da maconha é debatida na Câmara Municipal de Feira de Santana

Composição da mesa da Audiência Pública durante debate sobre ‘Legalização e a Descriminalização da Maconha e seus impactos para a sociedade’. Evento promovido pelo vereador Pablo Roberto na Câmara Municipal de Feira de Santana.

Composição da mesa da Audiência Pública durante debate sobre ‘Legalização e a Descriminalização da Maconha e seus impactos para a sociedade’. Evento promovido pelo vereador Pablo Roberto na Câmara Municipal de Feira de Santana.

Vereador Pablo Roberto, residente da Comissão de Reparação, Direitos Humanos, Defesa do Consumidor e Proteção à Mulher da Câmara Municipal de Feira de Santana.

Vereador Pablo Roberto, residente da Comissão de Reparação, Direitos Humanos, Defesa do Consumidor e Proteção à Mulher da Câmara Municipal de Feira de Santana.

Carlos Augusto: "Finalizamos a participação nesse debate lembrando que a melhor maneira de construirmos uma sociedade saudável é esclarecendo e educando as pessoas a adotarem hábitos que conduzam a uma vida equilibrada, com o próprio indivíduo, e em harmonia com o corpo social. Lembramos, também, que a melhor maneira de desenvolvermos uma sociedade equilibrada é educarmos os filhos e filhas para que possam desenvolver hábitos saudáveis, respeitando as liberdades individuais e a vida em coletividade.".

Carlos Augusto: “Finalizamos a participação nesse debate lembrando que a melhor maneira de construirmos uma sociedade saudável é esclarecendo e educando as pessoas a adotarem hábitos que conduzam a uma vida equilibrada, com o próprio indivíduo, e em harmonia com o corpo social. Lembramos, também, que a melhor maneira de desenvolvermos uma sociedade equilibrada é educarmos os filhos e filhas para que possam desenvolver hábitos saudáveis, respeitando as liberdades individuais e a vida em coletividade.”.

Estudantes, autoridades e especialistas lotaram o plenário da Câmara Municipal  de Feira de Santana (CMFS) na manhã desta sexta-feira (27/11/2015), para debaterem a legalização e descriminalização da maconha e suas consequências para a sociedade.  A temática foi discutida durante Audiência Pública proposta pela Comissão de Reparação, Direitos Humanos e Defesa do Consumidor, presidida pelo vereador Pablo Roberto (PMDB).

Entre os palestrantes, estiveram presentes  o Secretário Municipal  de Desenvolvimento Social, o sociólogo Ildes Ferreira, o Secretário de Prevenção a violência e Promoção dos Diretos Humanos, Mauro Moraes, o ex-deputado e médico Colbert Martins Filho, a coordenadora do Conselho Municipal Antidrogas, Ana Lúcia Miranda, a psicóloga e professora Ariana Bahia Bitencourt, o jornalista e cientista social Carlos Augusto.

O vereador Pablo, abriu os trabalhos desta manhã dizendo que é necessário que se busque entender mais sobre o assunto para saber qual forma correta agir. O edil lembrou que apesar de a legalização não ser de poder da esfera municipal, se faz necessário o debate.

“A Câmara não tem poder de disciplinar essa matéria, mas o que queremos é fazer um pouco a discussão do que vem sendo tratado no país. Sabemos que várias matérias se encontram no Supremo, que está prestes a decidir com relação à quantidade de maconha que as pessoas poderão portar livremente. Então, trazer o objetivo é trazer um pouco as pessoas que tratam disso na cidade, com pessoas que lidam com o assunto”, disse.

Trazendo uma visão científica do uso da maconha, o médico Colbert Martins Filho destacou benefícios e malefícios do uso da substância. “Vou falar, como médico, o nome dessa substância THC sobre o que ela provoca. Como toda substancia psicoativa, se é queimada e fumada vai direto para o pulmão, do pulmão para o sangue e, em seguida, para o cérebro. A ação é rápida e dura cerca de cinco horas”, informou.

O secretário de Desenvolvimento Social e sociólogo, Ildes Ferreira, fez algumas observações a respeito do assunto citando países em que o uso da maconha foi descriminalizado e quais os reflexos foram vistos na sociedade dessas nações. “Penso que no momento as drogas são devastadoras na sociedade, sobretudo no mundo Ocidental, e alguma coisa precisa ser feita”, avalia.

Posicionou-se totalmente contrária a descriminalização, Lúcia Miranda, presidente do Conselho Municipal Antidrogas, destacando problemas sociais e de saúde relacionados ao uso da maconha. “Sou completamente contrária à legalização da maconha e vou apresentar alguns pontos para sustentar minha fala. Baseado em pesquisas feitas, no ano passado, no Brasil, 79% dos entrevistados foram contra a legalização da maconha. Já tomando essa proposta, estou inclusa neste percentual”, disse.

O jornalista e cientista social Carlos Augusto apresentou uma síntese sobre o tema, que foi fundamentada com  publicações científicas, reportagens, matérias e pesquisas. “A legalização e descriminalização da maconha é um tema amplo, complexo e de difícil resposta. Abrange o direito que o cidadão tem sobre o próprio corpo, mas envolve ainda a convivência com a sociedade, limites que o Estado deve ter na vida privada das pessoas e de que forma o Estado pode regular”, avalia.

Destacando a redução de mortes relacionadas ao tráfico, a professora universitária e psicóloga Ariana Bahia Bitencourt mostrou-se favorável à descriminalização. “Olhando muito mais com uma visão política do que pessoal ou medicamentosa, a gente pensa na diminuição da violência no mercado do tráfico, as pessoas estão morrendo pela violência gerada por este mercado”.

Também participaram do debate no plenário da Casa da Cidadania Diego Pimentel, vice-presidente do Diretório Acadêmico do curso de Direito da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs);  Humbelindo Cardoso, representante da juventude do PSB. Ambos se mostraram favoráveis à descriminalização da maconha. A discussão foi aberta ainda para as pessoas presentes nas galerias, Entre eles, o radialista Elias Lucio que também se posicionou a favor da legalização da erva.

Leia +

Feira de Santana: vereador Pablo Roberto promove Audiência Pública com o tema ‘Legalização e a Descriminalização da Maconha e seus impactos para a sociedade’; cientista social Carlos Augusto é um dos palestrantes

Legalização da maconha é debatida na Câmara Municipal de Feira de Santana

Palestra ministrada por Carlos Augusto sobre a ‘Legalização e a descriminalização da maconha e seus impactos para a sociedade’

Confira o vídeo da audiência pública

Confira imagens do evento

Loading Images
wpif2_loading
Ana Lúcia Miranda
Câmara Municipal de Feira de Santana discute descriminalização do uso da maconha
Colbert Martins da Silva Filho
Elias Lúcio​
Pablo Roberto Gonçalves da Silva
Carlos Augusto palestra sobre legalização e descriminalização da maconha.
Carlos Augusto palestra sobre legalização e descriminalização da maconha.
Carlos Augusto palestra sobre legalização e descriminalização da maconha.
Carlos Augusto palestra sobre legalização e descriminalização da maconha.
Carlos Augusto palestra sobre legalização e descriminalização da maconha.
Carlos Augusto palestra sobre legalização e descriminalização da maconha.
Carlos Augusto palestra sobre legalização e descriminalização da maconha.
Pablo Roberto Gonçalves da Silva
Pablo Roberto Gonçalves da Silva
Mauro Moraes e Pablo Roberto Gonçalves da Silva.
Convite da Audiência Pública com o tema 'Legalização e a Descriminalização da Maconha e seus impactos para a sociedade'

Outras publicações

Instituições reconhecem apoio do Jornal Grande Bahia às questões sociais Jornal Grande Bahia recebe o título de 'Mérito em solidariedade'. Jornal Grande Bahia recebe o título de 'Amigo da Maçonaria'. O Jornal Grande B...
Feira de Santana: vereador Pablo Roberto promove Audiência Pública com o tema ‘Legalização e a Descriminalização da Maconha e seus impactos para a sociedade’; cien... Cartaz e convite da Audiência Pública com o tema 'Legalização e a Descriminalização da Maconha e seus impactos para a sociedade'. Evento ocorre no pl...
Diretor do Jornal Grande Bahia, Carlos Augusto é selecionado para o Mestrado em Ciências Sociais da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia Carlos Augusto, Carla Patricia de Lacerda Silva e Lucy Oliveira da Silva. Conquista dedicada à família. No dia 7 de dezembro (2011) foi divulgado o ...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br