Lauro de Freitas: comunidade de Itinga escolhe representante para final do concurso Garota BCS

Concurso Garota da Base de Itinga.

Concurso Garota da Base de Itinga.

A jovem Carolaine Oliveira, 18 anos, foi a escolhida para representar o bairro de Itinga, em Lauro de Freitas, na grande final do Concurso Garota Base Comunitária de Segurança, promovido pela Polícia Militar da Bahia (PMBA). A jovem concorreu com outras nove garotas e conquistou, na tarde desta terça-feira (24/11/2015), a vaga. A classificação manteve o sonho de infância de brilhar nas passarelas.

“Para mim é muito importante, é a realização do meu maior sonho. Tenho me preparado há tempo para chegar, em momentos como esse, e dar o meu melhor”, afirma Carolaine, que já teve experiências nas passarelas, representando marcas consolidadas.

Quem também fez bonito na semifinal foram as moradores do bairro Stefane Helen e Alana Correia, com 20 e 17 anos respectivamente. Segunda e terceira colocadas na eliminatória, elas passaram a ter mais esperança em um futuro melhor.

“Isso só me motiva a continuar lutando. Vi que fui bem no desfile e posso ir muito além. Queria representar Itinga e poder mostrar que aqui no bairro a gente também é capaz”, enfatiza Stefane.

Diferente das duas primeiras colocadas, Alana nunca havia desfilado e se surpreendeu com o resultado. “Para mim foi uma surpresa ter ficado entre as três melhores. Fiquei muito orgulhosa e feliz. A experiência de participar foi muito positiva”.

Final em 17 de dezembro

Na capital, as Bases Comunitárias de Segurança (BCSs) do Calabar, Santa Cruz, Nordeste de Amaralina, Chapada do Rio Vermelho e Camaçari já têm as finalistas definidas. A maior cidade do interior baiano, Feira de Santana, onde funcionam duas bases, também já selecionou suas garotas.

A final está marcada para 17 de dezembro, no Hotel Fiesta, em Salvador. O projeto foi criado pela PM para atrair o público feminino na perspectiva de policiamento comunitário, integração social e oportunidade. O concurso é uma das muitas ações do programa estadual Pacto pela Vida.

“Através destas ações a gente mostra à comunidade que a polícia não é apenas repressão. O nosso objetivo é, através do policiamento comunitário, ter a confiança da população e dar todo o suporte a comunidade”, explica o capitão Marcos Carrilho, comandante da unidade de Itinga.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Facebook do JGB

Publicações relacionadas

+ Publicações >>>>>>>>>

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br