Feira de Santana: Vereador confirma ação no Ministério Público questionando ações do Detran

Ewerton Carneiro da Costa (Tom) confirma ação no Ministério Público questionando ações do Detran.

Ewerton Carneiro da Costa (Tom) confirma ação no Ministério Público questionando ações do Detran.

Durante pronunciamento nesta terça-feira (17/11/2015), na tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana, o vereador Ewerton Carneiro – Tom (PTN) falou a respeito da ação impetrada por ele no Ministério Público solicitando informações a respeito de cobranças de guinchos, por parte do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-BA).

“Quero informar a esta Casa e a todos que acompanham o Poder do Legislativo, que acabo de dar entrada no Ministério Público em uma representação contra o absurdo que está cobrando para os guinchos e diárias do pátio, por parte do Governo do Estado”, disse.

O edil questiona como está sendo utilizado o valor arrecadado por estes serviços. “Para onde está indo esse dinheiro? Está sendo convertido em segurança, escolas, moradia? Cabe à sociedade, à população de Feira de Santana falar, se manifestar contra esse absurdo, blitze montadas só para lotar pátio e o Governo arrecadar”, queixou-se.

O vereador diz respeitar as blitze, mas ressalta que é mais importante que a Polícia Militar esteja cuidando do combate à violência. “Respeito à atitude da blitz, mas é mais importante combater a marginalidade do que lotar guincho, encher pátio para arrecadar dinheiro”, criticou.

Tom lembrou a grande quantidade de assaltos a bancos e caixas eletrônicos na região de Feira de Santana. “Identificamos que aqui na região de Feira de Santana existem assaltos a bancos de três em três dias e o Governo do Estado, que é responsável pela segurança pública, não tem feito nada, mas sabe trazer empresas para Feira, para obrigar a usar o poder que ele tem para fazer com que a Polícia faça blitz, a fim de prender veículos para arrecadar”, pontuou.

O edil deixou claro de que não vai se calar diante da situação. “Não vou me calar diante de uma situação dessa. Apresentamos e temos, com certeza, no Ministério Público promotores preocupados, que realmente fazem um belíssimo trabalho e vão fiscalizar. O interessante é que existem blitze com distância de 200, 500 metros do pátio e o valor do guincho é o mesmo R$ 260,00, mais diária de R$40,00. Você paga hoje, mas não pode liberar o carro no mesmo dia. E, se você chegar depois das quatro horas da tarde, não pode retirar o veículo”, lamentou.

Outras publicações

Trecho da BR 324 na confluência com a Avenida Noide Cerqueira em Feira de Santana será interditado Trecho da BR 324 na confluência com a Avenida Noide Cerqueira em Feira de Santana será interditado. A Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado ...
Feira de Santana: evento do CREA reúne profissionais recém-formados 45 profissionais da área de Engenharia de Feira de Santana participaram do encontro. Foi realizado, na quarta-feira (11/03/2015,), encontro entre o ...
Vereador Tourinho acusa a administração do prefeito Tarcízio Pimenta de não honrar contratos de publicidade com os anunciantes Durante o seu pronunciamento realizado nesta segunda-feira (13/12/2010)  na tribuna da Casa Legislativa de Feira, o vereador Roberto Tourinho (PSB), q...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br