Feira de Santana: parques e aparelhos de ginástica são depredados por vândalos

Em Feira de Santana existem mais de 30 parques infantis e outros 15 kits destinados a ginástica para adultos.

Em Feira de Santana existem mais de 30 parques infantis e outros 15 kits destinados a ginástica para adultos.

O diretor do Departamento de Áreas Verdes de Feira de Santana, Deodato Peixinho, estima que ações de vandalismos estejam por trás de 70% dos casos de defeitos apresentados pelos aparelhos que compõem parques infantis ou equipamentos para ginástica da cidade.

“E não são apenas os adultos que deliberadamente inutilizam os equipamentos”, afirma o diretor do DAV, setor responsável pela manutenção e conservação destes equipamentos. “Crianças também são vistas forçando o uso deles e, consequentemente, quebrando-os”, destaca.

Para o diretor, as pessoas devem se conscientizar de que ao tomar a iniciativa de inutilizar um equipamento, dezenas de pessoas serão prejudicadas. “O problema é que os vândalos não pensam na coletividade, mas apenas em destruir”.

Em Feira de Santana existem mais de 30 parques infantis e outros 15 kits destinados a ginástica para adultos. Ele afirmou que o DAV mantém uma rotina de observação de como se apresentam as situações físicas destes espaços. “À medida que estes problemas vão aparecendo a gente vai consertando-os”.

Deodato Peixinho ainda afirmou que a estrutura destes equipamentos é simples, sem uso de engrenagens ou dobradiças. “Há apenas a junção de ferro e madeira, de forma simplificada”. Ele ainda disse que o Departamento tem pessoal capacitado para fazer a recuperação dos aparelhos que existem nos parques urbanos.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]