Tratamento a anemia falciforme é exclusivo para pacientes residentes em Feira de Santana

O programa é mantido apenas pelo Município de Feira de Santana, sem contrapartida estadual, federal ou de outros municípios.

O programa é mantido apenas pelo Município de Feira de Santana, sem contrapartida estadual, federal ou de outros municípios.

Tudo começou com uma pequena equipe. Após três anos, o Centro Municipal de Referência à Pessoa com Doença Falciforme, no Centro Social Urbano (CSU), hoje conta com vários profissionais: dermatologistas, neuropediatra, clinico, nutricionista, equipe de enfermagem, serviço social e fisioterapeuta.

A coordenadora do Centro de Referência, Luciana Brito, informa que o serviço de assistência aos pacientes acometidos pela doença funciona de segunda a sexta-feira, e é destinado somente aos pacientes do município.

O programa é mantido apenas pelo município, sem contrapartida estadual, federal ou de outros municípios. Por isso a restrição do atendimento a pacientes de outras localidades.

A Secretaria Municipal de Saúde possui dois parceiros que prestam assistência a esses pacientes com anemia falciforme. As crianças são direcionadas para o Hospital Estadual da Criança e os adultos para o Hospital Dom Pedro de Alcântara.

Atualmente o Centro de Referência possui cerca de 300 pacientes cadastrados, alguns atendidos desde o início das atividades da unidade, e apresentavam ulceras – hoje todas tratadas e algumas curadas, através do tratamento de ponta oferecido pelo município.

Feira de Santana é o único município baiano que atualmente oferece o exame de Doppler Transcraniano aos pacientes com anemia falciforme. Através dele é possível avaliar o fluxo sanguíneo em crianças e adolescentes que possuem a doença, prevenindo contra um acidente vascular cerebral (AVC).

Anemia falciforme é uma doença hereditária (passa dos pais para os filhos) caracterizada pela alteração dos glóbulos vermelhos do sangue, tornando-os parecidos com uma foice, daí o nome falciforme. Essas células têm sua membrana alterada e rompem-se mais facilmente, causando anemia.

Outras publicações

Tenente-coronel Cláudio Eduardo Bouças assume comando do 35º Batalhão de Infantaria de Feira de Santana Tenente-coronel Cláudio Eduardo Bouças e o prefeito José Ronaldo de Carvalho. O tenente-coronel Cláudio Eduardo Bouças foi empossado como comandante...
Confira os debates da Câmara Municipal de Feira de Santana, ocorridos nesta terça-feira (05/05) Aprovado em primeira votação projeto que obriga banco a manter vigilante nos caixas eletrônicos Foi aprovado em primeira discussão, na sessão de ho...
Professora da Uefs teve a dissertação plagiada A professora Edinusia Moreira Carneiro Santos lotada no Departamento de Ciências Humanas e Filosofia (DCHF) da Universidade Estadual de Feira de San...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br