Senador Otto Alencar pede que governo decrete situação de emergência na bacia do Rio São Francisco

Senador Otto Alencar cobra do governo federal adote providências imediatas em relação à revitalização das margens do Rio São Francisco.

Senador Otto Alencar cobra do governo federal adote providências imediatas em relação à revitalização das margens do Rio São Francisco.

O senador Otto Alencar (PSD-BA) pediu, nesta quarta-feira (28/10/2015), que o governo federal adote providências imediatas em relação à revitalização das margens do Rio São Francisco.

Otto ressaltou que a erosão, o desmatamento e a utilização da água para irrigação de forma desordenada são fatores que estão fazendo com que os afluentes do Rio São Francisco sequem. O senador afirmou que, se o governo federal não decretar estado de emergência e começar a dragagem na calha do Rio, o São Francisco pode passar a ser apenas uma lembrança daqui a 8 ou 10 anos.

— O principal sinal de morte de um rio é quando o oceano entra no rio. Já estamos com quase 20 km  de penetração das águas do oceano Atlântico no Rio São Francisco — lamentou em Plenário.

Otto Alencar destacou que todos os afluentes na margem direita do São Francisco já morreram no estado da Bahia. Em Minas, 70% dos córregos e ribeirões que alimentam o rio secaram.

— De nada valera a transposição do Rio São Francisco se não houver nenhum investimento na revitalização que possa ter um efeito. Foram gastos R$ 8,55 bilhões em transposição e não vai ter água para suprimento dos estados receptores das águas do Rio São Francisco — disse.

*Com informações da Agência Senado.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br