Presidente do Solidariedade critica abandono das estradas da região do Sisal

Trecho da estrada Riachão do Jacuípe - Conceição do Coité apresenta elevada degradação.

Trecho da estrada Riachão do Jacuípe – Conceição do Coité apresenta elevada degradação.

A situação das estradas da região do Sisal recebeu duras críticas do presidente estadual do Solidariedade, Luciano Araújo. O dirigente tem transitado com freqüência pelas vias que dão acesso as cidades da região e relata o descaso por parte do governo estadual. Segundo ele, são muitos os prejuízos para os produtores agrícolas e moradores que trafegam nas rodovias.

“Há uma decepção grande em relação à falta de iniciativa da gestão do estado em melhorar as rodovias do território”, lamenta. Luciano cita os trechos Serrinha- Conceição do Coité, Riachão do Jacuípe – Coité, Valente – Santa Luz e Queimadas – Santa Luz.

“É vergonhosa a situação da malha rodoviária da região do Sisal. Há muito tempo que não há boa qualidade de trafegabilidade nesses trechos. É preciso que a Secretaria de Infraestrutura do estado tome a iniciativa de melhorar esse quadro, pois são péssimas as condições de conservação em quase todo o território”, cobrou.

O presidente do Solidariedade justifica a importância para o escoamento da economia desses municípios que integram o Território de Identidade do Sisal, classificação dada pelo próprio governo. Ele menciona também o risco freqüente de acidentes, o que já motivou vários protestos dos moradores, sindicatos rurais e motoristas.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br